TURBO COMPOUND NOS NOVOS MOTORES

TURBO COMPOUND NOS NOVOS MOTORES

This article is also available in: fr | en |

NUNO

ATÉ 10% DE POUPANÇA DE COMBUSTÍVEL COM A NOVA GERAÇÃO DE MOTORES COM A TECNOLOGIA TURBO COMPOUND

A Renault Trucks está a vencer o desafio da redução do consumo de combustível e das emissões de CO2. O fabricante está a equipar as suas gamas T, T High, C e K com os novos motores DE11 e DE13. Em combinação com a integração de tecnologias avançadas como o Turbo Compound e serviços específicos, a redução do consumo pode atingir os 10%.

Em 2021, a Renault Trucks introduziu importantes alterações nas suas gamas T, T High, C e K em termos de design, facilidade de condução e conforto a bordo. O fabricante prossegue com esta evolução com a chegada dos novos motores de 11 e 13 litros Euro VI Step E, os DE11 e DE13, os quais, combinados com a integração de novas tecnologias e serviços específicos, proporcionam poupanças de combustível que podem atingir 10% em comparação com a geração anterior de motores Renault Trucks.

Otimização da eficiência dos novos motores DE11 e DE13

A nova geração de motores Euro VI Step E, da Renault Trucks, o DE11 e o DE13, incorporam novas tecnologias que reduzem significativamente o consumo de combustível e as emissões de CO2. Para melhorar a combustão, os motores DE11 e DE13 possuem a tecnologia patenteada Wave Piston. Com o reencaminhamento das chamas no interior da câmara de combustão, a solução permite uma melhor utilização do oxigénio disponível e, por conseguinte, uma melhor combustão. Os motores estão também equipados com novos injetores, mais precisos e adaptados à nova combustão.

Para melhorar a eficiência, a Renault Trucks focou-se também na redução das perdas por atrito: os veios de ligação, os pistões e a cambota foram redesenhados e o controlo dos gases no cárter foi otimizado. Foi também desenvolvido um novo turbocompressor de alto desempenho com rolamentos de esferas que exibe um melhor tempo de resposta e uma bomba de óleo de caudal variável, em combinação com óleo de baixa viscosidade.

Turbo compound engine DE13TC — Source: Renault Trucks

Por último, mas não menos importante, a Renault Trucks optou por um sistema de pós-tratamento otimizado e uma nova unidade de controlo do motor.

Tecnologia Turbo Compound para um motor mais potente e eficiente em termos de consumos

Para obter o máximo desempenho, os camiões T, T High e C da Renault Trucks podem ser equipados, opçionalmente, com o motor DE13 TC com a tecnologia Turbo Compound, que proporciona poupanças de combustível significativas sem comprometer a manobrabilidade ou a velocidade comercial.

Uma turbina adicional, posicionada a jusante do turbocompressor, converte a energia residual dos gases de escape em energia mecânica que é transmitida à cambota na forma de binário do motor adicional.

Desta forma, a Turbo Compound permite que sejam atingidos níveis mais elevados de binário a regimes mais baixos do motor. Em autoestrada, durante o uso do controlo de velocidade de cruzeiro e em subidas será possível manter uma velocidade constante sem engrenar mudanças mais baixas.

Uma nova caixa de velocidades para mudanças mais rápidas

Os veículos estão equipados com a caixa de velocidades Optidriver de nova geração, que incorpora um novo calculador, um novo software de controlo e um novo atuador da embraiagem que permitem mudanças mais suaves e mais rápidas.

Turbo compound engine DE13TC — Source: Renault Trucks

Software e serviços avançados para o controlo total do consumo de combustível

Para poupar ainda mais combustível, a Renault Trucks optou também pela solução Smart Torque Control, que maximiza o tempo na zona com a máxima eficiência do motor sem penalizar a manobrabilidade.

A Renault Trucks continua também a melhorar o controlo de velocidade de cruzeiro preditivo Optivision, que recorre à topografia da estrada para otimizar as mudanças de velocidade e a poupança de combustível.

O fabricante oferece também soluções de apoio às transportadoras nos seus esforços de monitorização e melhoria do consumo de combustível e das emissões de CO2 das suas frotas. O software de gestão de frotas Optifleet (módulo Check) controla o consumo de combustível de cada veículo e analisa os estilos de condução para identificar áreas de possível intervenção tendente à redução dos consumos. Por outro lado, a Renault Trucks desenvolveu um programa de formação completo baseado nos princípios da condução racional para assegurar que os consumos de combustíveis se mantenham controlados.

Author: Renault Trucks

Comentários