LUÍS SIMÕES 2020

LUÍS SIMÕES 2020

NUNO

APOSTA NA SEGURANÇA DOS COLABORADORES, NA SUSTENTABILIDADE E NA INOVAÇÃO

A Luís Simões, operador logístico de referência na Península Ibérica, apresentou o seu Relatório de Sustentabilidade e Contas de 2020, documento anual em que são divulgados os resultados da empresa.

Num ano que foi desafiante como nenhum outro, o Grupo reforçou o seu compromisso com a segurança dos colaboradores, o ativo mais importante da organização e, em paralelo, com a manutenção da sua estratégia global de sustentabilidade. A Luís Simões prosseguiu o seu caminho de consolidação no mercado ibérico, tendo melhorado o seu resultado líquido e progredido no desenvolvimento do Centro de Operações Logísticas (COL) de Guadalajara, inaugurado em 2019.

A Luís Simões implementou um plano de contingência para toda a Península Ibérica no mês de março, assim que os primeiros efeitos da pandemia se fizeram sentir, de modo a estimular uma rápida adaptação à mudança e unir esforços, e foi criado o slogan #ESTEVIRUSNAONOSPARA. O Grupo colocou a segurança e proteção dos colaboradores no topo das suas prioridades, o que resultou no registo de poucos casos de COVID-19 na equipa. O teletrabalho foi implementado para todas as funções que o permitiam, e as restantes operações, relativas a armazéns, oficinas e veículos, mantiveram o seu normal funcionamento com novas e rigorosas normas de higiene e segurança, de modo a assegurarem em todos os momentos a cadeia de abastecimento e a excelência do serviço aos clientes.

A Luís Simões reforçou também o seu posicionamento através da avaliação da qualidade do seu serviço e da inovação dos seus processos. Em 2020, foram realizadas 47 auditorias, num formato mais digital devido ao contexto atual, e obteve a Certificação de Boas Práticas na Distribuição de Medicamentos (GDP) no COL de Cabanillas del Campo (Guadalajara). No âmbito da inovação, destaca-se a adoção de um novo processo de homologação para veículos, a digitalização de vários processos que facilitaram a adoção do teletrabalho, e a implementação, com sucesso, do projeto-piloto de Voice Picking no Centro de Operações Logísticas Carregado 2 – uma solução de reconhecimento de voz que liberta as mãos dos operadores, permitindo-lhes realizar tarefas com a máxima concentração, e que está também a ser implementada no COL de Guadalajara.

No campo da sustentabilidade, um dos valores fundamentais da estratégia de negócio da LS, o foco esteve na maximização da eficiência energética. Tendo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas como base, o operador logístico fechou o ano 2020 com uma frota com idade média de 2,5 anos, um valor inferior à média do setor. Em 2020, o Grupo adquiriu dois novos gigaliners, veículos modulares com capacidade de carga equivalente a três camiões convencionais, e que contribuem para a redução do consumo de combustível e a diminuição da emissão de GEE em cerca de 30% por tonelada transportada. Ao longo do ano, foram ainda registados benefícios resultantes das medidas implementadas em 2019, entre as quais a alteração de lâmpadas para tecnologia LED, uma ação levada a cabo em alguns armazéns de Portugal, que permitiu reduzir em 45% o consumo por lâmpada e que terá continuidade em 2021 em mais instalações.

«Ao longo de 2020 permanecemos focados em garantir a cadeia de valor e o serviço aos nossos clientes, promovendo condições de trabalho seguras aos nossos colaboradores, garantindo a continuidade do nosso negócio mesmo perante as circunstâncias mais desafiantes», afirma José Luís Simões, Presidente do Conselho de Administração da Luís Simões. «A pandemia representou uma mudança a todos os níveis, a que tivemos de nos adaptar diariamente, encontrando sempre novas formas de prosseguir com a nossa visão, garantir soluções eficientes e competitivas aos nossos clientes, e nunca perdendo de vista a missão e os valores que desde sempre guiam a LS. Estamos muito orgulhosos dos resultados que alcançámos ao longo do ano passado e sabemos que sem as nossas Pessoas eles não teriam sido possíveis, pelo que lhes deixamos, uma vez mais, uma palavra de apreço

Comentários