LNG E CNG NÃO PAGAM PORTAGENS NA ALEMANHA

LNG E CNG NÃO PAGAM PORTAGENS NA ALEMANHA

NUNO

IVECO SAÚDA A DECISÃO

Aguarda-se uma decisão do Parlamento Alemão e do Conselho Federal com vista à prorrogação até 31 de Dezembro de 2023 da isenção do pagamento de portagens rodoviárias (plataforma MAUT) por parte dos veículos a gás natural com mais de 7,5 toneladas, introduzida pela primeira vez no dia 1 de Janeiro de 2019. Isso significa que os camiões pesados a gás natural da IVECO – os modelos S-WAY NP e X-WAY NP – poderão continuar a viajar sem pagar portagens nas autoestradas alemãs, aumentando as vantagens financeiras decorrentes para os operadores logísticos e empresas de construção.

IVECO S-WAY - Photo: IVECO
IVECO S-WAY - Photo: IVECO

Thomas Hilse, Presidente da IVECO, declarou: «Na IVECO aplaudimos a notícia de que a Comissão Parlamentar de Trânsito da Alemanha tenha apresentado uma nova proposta, para discussão no Parlamento, no sentido de se estender a isenção de pagamento de portagens para camiões pesados a gás natural. A decisão final, prevista para junho, significaria um claro reconhecimento dos benefícios ambientais dessa tecnologia, rumo às emissões zero. As infraestruturas de GNL estão em crescimento, havendo um número cada vez maior de estações de reabastecimento, como a que foi recentemente inaugurada em Berlin Potsdam. Em conjunto com a expansão da rede de distribuição e com os actuais subsídios governamentais de apoio a esse combustível, esse prolongamento daria aos nossos clientes um sinal claro de que a transição para o transporte a GNL é imparável, podendo, com o biometano, tornar-se livre de emissões».

O novo IVECO S-WAY NP de longa distância, em versão integral a GNL, é o veículo perfeito para beneficiar dessa isenção, sendo o único camião pesado projectado especificamente para transportes de longa distância, contando com a maior autonomia do mercado, de um máximo de 1.600 km. Lançado em 2019, o IVECO S-WAY tornou-se, muito rapidamente, numa proposta de eleição entre proprietários e condutores.

A IVECO é, há mais de 20 anos, pioneira na tecnologia do gás natural, resultando na sua completa gama de veículos a gás natural, líder de mercado, juntando-lhe a experiência adquirida pela sua Rede de Concessionários, que apoiam os mais de 7.000 veículos a GNL vendidos em toda a Europa.

IVECO S-WAY - Photo: IVECO
IVECO S-WAY - Photo: IVECO

Presentemente, a rede de distribuição de gás natural já abrange as principais rotas de transporte de toda a Europa e o seu desenvolvimento está a ganhar uma enorme cadência, estimando-se que o número de estações de reabastecimento de GNL suba das 249 instalações existentes em 2019 para mais de 450 em 2022. Camiões que viajem em rotas que cruzem a Alemanha, não só terão o benefício financeiro das isenções de pagamento de portagens, como terão a vantagem operacional de uma infraestrutura bem desenvolvida e que, a curto prazo, se verá ainda mais ampliada, em resultado do foco do Governo Federal Alemão no gás natural como elemento-chave da sua estratégia para atingir as metas climáticas que definiu.

Fora das fronteiras alemãs, outro sinal em prol da adopção da tecnologia a gás natural no sector dos transportes vem da vizinha Áustria, país que introduziu uma isenção da proibição setorial de condução no Tirol para camiões a GNL. Adicionalmente, também entrou em vigor a 1 de Janeiro último uma alteração nas regras de tributação do gás natural, passando o GNL a ser classificado como um gás, deixando, portanto, de estar sujeito aos impostos sobre combustíveis fósseis.

Comentários