CAMIÕES ELÉCTRICOS PELA FRENTE

CAMIÕES ELÉCTRICOS PELA FRENTE

Este artigo está também disponível em: de | en |

Ana Bela Nogueira ANA BELA NOGUEIRA

A MAN TRUCK & BUS DÁ UM GRANDE PASSO RUMO ÀS ZERO EMISSÕES

A MAN Truck & Bus está a acelerar a sua transformação e a dar grandes passos na implementação de sistemas de emissões zero. Sob o lema “The Future starts now – We pave the road to Zero Emissions”, o fabricante de veículos comerciais com sede em Munique, apresentou um camião eléctrico, na Nuremberga e deu sinal verde para um importante projecto de hidrogénio para o futuro.

O protótipo eléctrico da MAN na Nuremberga — Source: MT&B

O foco da pesquisa e desenvolvimento na MAN continuam a estar concentrados nos sistemas eléctricos com baterias. Estes sistemas irão alimentar os eTrucks pesados que a empresa lançará no mercado já em 2024 – quase um ano antes do que foi inicialmente planeado. A empresa também quer melhorar o valor acrescido para os veículos comerciais movidos a bateria eléctrica e estabelecer a sua própria montagem de baterias para esse fim.

As baterias dos veículos são a componente central no caminho para viagens de emissões zero. É por isso, que a MAN iniciou o plano de montagem de baterias já na primavera de 2021. O núcleo para este projecto é o eMobility Technical Centre na Nuremberga, onde estão a ser produzidas individualmente as primeiras baterias para testes de veículos eléctricos e testes internos.

Além disso, o desenvolvimento das infraestruturas de carregamento é crucial para a transformação da indústria de transporte. O Grupo TRATON, empresa-mãe da MAN Truck & Bus, também irá dar o seu contributo na participação do desenvolvimento de uma rede de carregamento de alto desempenho na Europa como parte de um empreendimento conjunto.

Hubert Aiwanger (Ministro da Economia da Baviera), Alexander Vlaskamp (CEO da MAN Truck & Bus), Markus Söder (Ministro Presidente da Baviera) e Frederik Zohm (CTO da MAN Truck & Bus) (da esquerda para a direita) na frente do protótipo — Source: MT&B

O futuro eTruck da empresa, que pode abranger a maioria das aplicações no sector dos transportes, foi apresentado, pela primeira vez, na Nuremberga. O CEO da MAN, Alexander Vlaskamp, referiu que pouco antes da metade da década, o custo total de propriedade de camiões pesados eléctricos e de diesel será o mesmo em muitos países europeus. Acrescentou ainda que «Estamos à espera de grandes saltos na tecnologia de baterias, com autonomia até 1.000 km nos próximos anos, e tempos de carregamento bem inferiores a uma hora. Isto, finalmente, tornará este tipo de condução adequado para transporte de longa distância e pronto para o mercado em massa”.

Author: Ana Bela Nogueira (Jornal Strada)

Comentários