Follow Strada e-Magazine on Facebook Follow Strada e-Magazine on Linkedin Follow Strada e-Magazine on Twitter  
Strada Truck e-Magazine Edition #136 -- outubro
  ads
ABN Seguros 2016 -- www.abnseguros.pt -- 913 466 142
Strada Trucks e-Magazine Edition #136 - Page 18 - MAN TG Tour 2016 - Madrid por Giancarlo Terrassan Strada Trucks e-Magazine Edition #136 - Page 1 Elisabete Jacinto - Co-Drive em Coruche - Aventura com Elisabete
Strada Trucks e-Magazine Edition #136 - Page 34 IVECO -+- IVECO Stralis NP LNG  -+- "Initiative Zukunft Erd­gas" em Berlin
Strada Trucks e-Magazine Edition #136 - Page 46 Elisabete Jacinto - Co-Drive em Coruche - Aventura com Elisabete
Strada Truck e-Magazine Edition #135 -- outubro
  ads
ABN Seguros 2016 -- www.abnseguros.pt -- 913 466 142
Strada Trucks e-Magazine Edition #135 - Page 2 - IAA 2016 - EXPECTATIVAS SUPERADAS por Ana Bela Nogueira. Strada Trucks e-Magazine Edition #135 - Page 1 IVECO - IVECO Z TRUCK
Strada Trucks e-Magazine Edition #135 - Page 66 SCANIA -+- THE NEXT GENERATION  -+- LANÇAMENTO IBÉRICO
Strada Trucks e-Magazine Edition #135 - Page 74 IVECO -+- INAUGURAÇÃO OK TRUCK no Porto -+- 1º CENTRO DE USADOS by IVECO
Strada Truck e-Magazine Edition #134 -- setembro
  
Page 4 SCANIA - The Next Generataion - The new Scania Serie R and Scania Serie S - The new Scania Serie S is Truck of the Year 2017 por Giancarlo Terrassan: ­­Após poucas semanas depois de ter tido a ocasião de vislumbrar e testar na estrada a nova Serie R e Serie S, nas instala­ções da Scania em Södertälje, tive o prazer de apreciar também a entrega do prestigiado e bem merecido troféu “Truck of the Year 2017” ao recém nas­cido Scania Serie S, em oca­sião o tradicional jantar de gala na 66ª IAA em Hannover. Com a introdução no mercado destes dois novos modelos, a Serie R e a Serie S, a Scania ini­ciou o processo de total re­no­vação de todos os seus veí­cu­los, acompanhando à ne­ces­sidade da realidade actual e fu­tura da industria do transporte cada vez mais competitiva — brevemente, seguirão tam­bém as outras séries que acompanharão este processo de actualização. Strada Trucks e-Magazine Edition #134 - Page 4 SCANIA - The Next Generataion - The new Scania Serie R and Scania Serie S - The new Scania Serie S is Truck of the Year 2017 por Giancarlo Terrassan: ­­Após poucas semanas depois de ter tido a ocasião de vislumbrar e testar na estrada a nova Serie R e Serie S, nas instala­ções da Scania em Södertälje, tive o prazer de apreciar também a entrega do prestigiado e bem merecido troféu “Truck of the Year 2017” ao recém nas­cido Scania Serie S, em oca­sião o tradicional jantar de gala na 66ª IAA em Hannover. Com a introdução no mercado destes dois novos modelos, a Serie R e a Serie S, a Scania ini­ciou o processo de total re­no­vação de todos os seus veí­cu­los, acompanhando à ne­ces­sidade da realidade actual e fu­tura da industria do transporte cada vez mais competitiva — brevemente, seguirão tam­bém as outras séries que acompanharão este processo de actualização. -+- Henrik Henriksson afirmou que «Não estamos lançando simplesmente um novo camião, mas sim, uma nova e engenhosa ferramenta de trabalho, única no seu género, cheia de soluções sustentáveis…» -+- Um fato à medida: Christopher Podgorsky, Scania Global Senior Vice President, Sales and Marketing, Trucks, afirma orgulhosamente «Com a introdução da nossa nova ga­ma de camiões, estamos ofe­recendo aos nossos clientes a possibilidade de escolher en­tre numerosos novos níveis de rendimento e serviços, mais, em simultâneo, apetrechamos as nossas equipas comerciais com a mais moderna ferramenta de apoio à venda existente na industria, desta forma estaremos na possibilidade de encontrar e indicar o produto e serviço que maximiza a ren­tabilidade para cada nosso cliente em particular.» +++ Page 28 ANTRAM ANTP -+- Ga­sóleo profissional: As empresas transportadoras na­cionais já podem, a partir do passado dia 15 de setembro, abastecer, em Portugal, a um preço mais baixo. O lançamento oficial do período experimental de oferta de ga­sóleo profissional em terri­tó­rio nacional foi agendado pa­ra as 17h no posto de combus­tível da PRIO, em Vilar Formo­so. +++ ______________________________ +++ Page 32 Perfil dos Camionistas Brasileiro 2016 por Cristiano Castilho: No início de 2016, a Confede­ração Nacional do Transporte publicou a “Pesquisa CNT de Perfil dos Camionistas 2016”, revelando dados interessantes sobre o perfil do camionista. A pesquisa entrevistou 1.066 ca­mionistas, de 4 a 14 de no­vembro de 2015 e revelou que a média de idade dos motoristas é de 44,3 anos e o salário mé­dio mensal líquido é de 3.900 Reais, dos quais os au­tónomos (independentes) ga­nham 4.100 e os empregados, 3.400 Reais. Sobre o tempo de serviço, os entrevistados estão, em média, na profissão há 18 anos. ______________________________ +++ Page 42 Volvo Trucks -+- Dois recordes mundiais de velocidade batidos: O The Iron Knight da Volvo Trucks é o camião mais rápido do mundo – duas vezes. Bateu o recorde de velocidade, com arranque, nas categorias de 500 e 1.000 m. O re­cordista foi personalizado em todos os níveis, com exceção do motor e da caixa de velocidades I-Shift Dual Clutch, am­bos de série. O The Iron Knight da Volvo Trucks, conduzido por Boije O­ve­brink, detém agora os re­cordes de velocidade oficiais dos 500 e 1.000 m. No traba­lho realizado no camião, uma equipa de peritos da Volvo Trucks encontrou formas inova­doras de unir tecnologia ao de­sign.
Strada Trucks e-Magazine Edition #134 - Page 28 ANTRAM ANTP -+- Ga­sóleo profissional: As empresas transportadoras na­cionais já podem, a partir do passado dia 15 de setembro, abastecer, em Portugal, a um preço mais baixo. O lançamento oficial do período experimental de oferta de ga­sóleo profissional em terri­tó­rio nacional foi agendado pa­ra as 17h no posto de combus­tível da PRIO, em Vilar Formo­so.
Strada Trucks e-Magazine Edition #134 - Page 32 Perfil dos Camionistas Brasileiro 2016 por Cristiano Castilho: No início de 2016, a Confede­ração Nacional do Transporte publicou a “Pesquisa CNT de Perfil dos Camionistas 2016”, revelando dados interessantes sobre o perfil do camionista. A pesquisa entrevistou 1.066 ca­mionistas, de 4 a 14 de no­vembro de 2015 e revelou que a média de idade dos motoristas é de 44,3 anos e o salário mé­dio mensal líquido é de 3.900 Reais, dos quais os au­tónomos (independentes) ga­nham 4.100 e os empregados, 3.400 Reais. Sobre o tempo de serviço, os entrevistados estão, em média, na profissão há 18 anos.
Strada TRUCK e-Magazine Edition #133 - agosto
  
Strada Trucks e-Magazine Edition #133 - IAA 2016 - Semptember 22-29 - Hannover - Germany -+- Daimler: Urban eTRUCK +++ Page 4 -- PROTAGONISTA SEMITRAILER - PALETE INTELIGENTE: Desde o primeiro momento que o ser humano iniciou a ampliar o seu raio de acção ou a tornar-se nómada, iniciava a necessidade de transportar bens, contando exclusivamente com o seu ombro. Naquele tempo, tratava-se principalmente de materiais para a construção do seu lar (cabana, palafita, etc.), utensílios, apetrechos e do resultado da caça, que se destinava à alimentação do seu agregado familiar e comunidade.-+- As bases do primeiro tractor, primeiro chassis, primeiro semitrailer e primeira palete… Tendo em consideração que um animal consegue rebocar mais peso de que suportar nas costas, a solução mais lógica passava pela construção de um “atrelado”. Utilizando dois longos paus, que serviam de longarinas e eram colocados um de cada lado do animal, nascia o primeiro chassis e, simultaneamente, surgia o conceito do primeiro semitrailer — considerando que uma extremidade destes paus estava presa ao dorso do animal e a outra rastejava no chão. -+- A invenção da roda Já naquela altura, o homem se preocupava com o excesso de consumo de energia e de emissões. Devido ao facto que os dois paus rastejavam no chão, além de se desgastarem rapidamente, provocavam uma elevada resistência mecânica, obrigando o animal a um esforço excessivo, que por consequência reduzia o seu rendimento e obrigava-o a comer e beber mais, em suma, mais consumo e mais emissões. A única solução passava pela invenção da roda, a qual contribuía pela diminuição da resistência mecânica. Com duas rodas, o chassis permitia construir uma maior zona de carga e claramente aumentar também o volume da mercadoria a transportar. O primeiro veículo automóvel A determinada altura, em 1769, iniciava a aventura dos veículos a motor. Nicholas Joseph Cugnot, um engenheiro militar francês, construía o primeiro protótipo de um automóvel (veículo capaz de se deslocar através de força própria), uma máquina para o transporte e reboque para a artilharia, a partir de um carro em madeira com três rodas e um motor a vapor com uma enorme caldeira, à frente da roda dianteira. Este veículo ficou conhecido como o “Fardier de Cugnot”. Um ano mais tarde, em novembro de 1770, Cugnot testava o seu “fardier”, quando, de repente, não conseguia dominar a travagem e acabava por embater contra um muro, causando danos ao veículo que lhe atrasaram o projecto e consequentemente, o obrigaram a cancelá-lo. Este embate, constou como o primeiro acidente automóvel do mundo. -+- O primeiro veículo automóvel a combustão interna Vários anos mais tarde, no verão de 1885, nas ruas da cidade alemã de Mannheim, Karl Friedrich Benz testava o seu triciclo “Benz Patent Motorwagen Nummer 1”, o primeiro veículo movido a motor a combustão interna, um monocilíndrico a 4 tempos de ciclo Otto, desenvolvido pelo próprio Benz. Durante o primeiro teste, numa demostração pública, teve algumas dificuldades em dominar o veículo e acabava por embater contra um muro, tal como Cugnot. A segunda apresentação correu melhor, sem incidentes, e no ano sucessivo criava a Motorwagen Model 2 e no 1887 a Motorwagen Model 3, que foi apresentada na Expo de Paris. O primeiro camião e o primeiro autocarro para passageiros Faltavam ainda pouco mais de 10 anos para vermos os primeiros veículos movidos a motor a combustão interna, inteiramente dedicados ao transporte de mercadorias, a circular pelas estradas. Até a este momento e por muitos anos ainda, depois do aparecimento dos veículos a motor, à parte o comboio e o navio, o único meio de transporte de mercadorias era constituído por carros ou carretas, naturalmente puxados por animais e, algumas vezes, até pelos homens. Ainda hoje, em muitas partes do mundo, esta continua a ser a realidade. Com uma visão extremamente futurista, mais uma vez foi Karl Benz, que em 1895 construiu o primeiro camião do mundo com motor a combustão interna, seguido, um ano depois, também pelo primeiro autocarro de passageiros do mundo, construído e modificado a partir de um seu camião, para a Netphener Omnibusgesellschaft, a primeira companhia de transportes de passageiros do mundo a utilizar um veículo com motor de ciclo Otto. Em 1896, também a Daimler-Motoren-Gesellschaft, fundada por Gottlieb Daimler, produzia o seu primeiro camião. -+- O trailer e semitrailer Hoje, o camião é um dos principais e mais importantes meios de transporte de mercadorias. Erroneamente, quando falamos em transporte rodoviário de mercadorias, associamos imediatamente à ideia do camião, esquecendo quase por completo o trailer e o semitrailer, mas em especial modo este último. De facto, a grande novidade e revolução no transporte é exactamente o semitrailer e é dele que vamos falar. -+- história do semitrailer Como já vimos, a invenção do conceito básico do semitrailer, se perde nos tempos, mas a construção do primeiro semitrailer da forma e uso como o entendemos hoje, também é um pouco confusa. Há quem afirme que foi em 1880 e ainda em 1881, antes do “Benz Patent Motorwagen Nummer 1” de Karl Benz. Há outros que garantem que o primeiro semitrailer foi construído em 1889 por Alexander Winton, um emigrante escocês nos USA, fundador da Winton Motor Carriage Company. Em 1898, Winton tinha acabado de vender 22 automóveis a vários clientes espalhados pelo país. Para entregar os carros aos respectivos clientes, em perfeito estado e sem uso de pneus ou de qualquer outro componente, não existindo nada para responder à sua necessidade, Winton decidiu criar um semitrailer plano acoplado a um veículo, de modo a poder transportar o automóvel — todavia, conseguia transportar somente um. ++ Em 1903, o alemão Ferdinand Emil Jagenberg estava preparando a construção da sua nova fábrica, respeitando os mais modernos princípios da logística daquela época, por isso, precisava de um tipo de veículo para transporte de mercadorias, que também não existia, tinha que ser composto por um veículo a motor com um semitrailer acoplado. Ele próprio iniciou uma série de experiências, numa das quais modificou um De Dion Bouton de 1903 e construiu o seu primeiro semitrailer registando a patente número 168659 em 21 de agosto de 1904 no Kaiserliches Patentamt. Este princípio, lhe confere o titulo de inventor e pai do conjunto tractor com semitrailer, da era moderna. Faltava somente o sistema de engate da “quinta roda”. Este foi inventado por Herman G. Farr, o qual, em 1915 iniciou o processo da patente, sendo-lhe aprovada em 1916, altura que se torna associado de Charles H. Martin formando a empresa Martin Rocking Fifth Wheel Co. Em 1882, com 14 anos de idade, o jovem August Fruehauf, filho de imigrantes alemães no estado do Michigan, deixava o ambiente rural da família para procurar fortuna na cidade de Detroit e iniciara a trabalhar como aprendiz de ferreiro, sendo desta forma que entrava no mundo dos transportes. No entanto, casava, a família crescia, iniciava a trabalhar por conta própria, perdia duas casas com negócio de ferraria devido a incêndios e em 1899, pela enésima vez, era obrigado a encontrar uma nova habitação e abrir uma nova ferraria. August Fruehauf trabalhava duro e apostava na qualidade, iniciava a produzir carros e carretas, em quantidade tal que em 1901 e novamente em 1912 era forçado a ampliar as oficinas e o negócio. ++ O semitrailer hoje Em muitas partes do mundo, para maximizar a rentabilidade energética e de muitos outros recursos, um único camião reboca dois semitrailer ou até mais, como é o caso do Brasil e da Austrália, por exemplo. Devido a leis de carácter duvidoso e com pouca base técnica, foram impostas limitações no comprimento e no peso total bruto dos conjuntos. Hoje, devido às dificuldades económicas que muitos países desenvolvidos enfrentam e a motivos ambientais, estamos a presenciar a uma tendência para rever estas imposições. Alguns países já rectificaram a sua legislação, como é o caso da Holanda, outros, por reticências políticas, ideológico-partidárias e domínios meramente sindicalistas, encontram grandes dificuldades em remodelar e rectificar estas legislações, a detrimento do interesse da sociedade em geral. ++ Informação  versus  desinformação É claro que cabe aos jornalistas especializados e competentes neste sector, através dos seus meios de comunicação, juntamente aos construtores de veículos e aos transportadores, organizar sessões informativas e esclarecedoras, de modo que a sociedade possa ter uma ideia limpa e objectiva, livre de ruído, sobre este tema de vital e estratégica importância para a economia do país, com um peso extremamente significativo e inimaginável no que concerne a empregabilidade, positivamente e absolutamente relevante a nível de impacto ambiental, bem como na salvaguarda das vias de comunicação e na segurança rodoviária. ++ Necessitamos Na realidade estamos falando de dois sistema diferentes e complementares, e não de soluções melhores ou piores! Nem queremos pensar em falar de um sistema que se destina a sustentar outros… (veja-se o que aconteceu na Bélgica com a taxa ao quilómetro em todas as estradas). Na realidade necessitamos de mais fiscalização, para garantir maior segurança e respeito, mas necessitamos também de mais liberdade e menos regras utópicas e desactualizadas, que não permitem a evolução, o desenvolvimento e a sustentabilidade do sector. Necessitamos de educar e não reprimir. Com a repressão criamos asfixia e damos aso ao dumping e à transgressão indiscriminada. Necessitamos urgentemente de modernizar o sistema de transporte, implementando o sistema EMS (European Modular System) mais conhecido pelos conjuntos de 25,25 metros. Todavia, este seria o primeiro passo, porque na realidade o que precisamos realmente para ser competitivos e realistas, são os sistemas modulares “Duo2”, conjuntos de 32 metros, ou seja, um tractor 6x4 e dois semitrailer com um dolly. ++ EMS, EuroCombi, Lang LKW, LHV, LZV Tendo em consideração que a regulamentação para a livre circulação em território europeu, cada conjunto é limitado a um peso bruto total de 40 t, distribuído sobre 5 eixos (no mínimo), sendo as dimensões máximas de comprimento de 18,75 m para camião com trailer e 16,50 para tractor com semitrailer — todo o resto é considerado transporte especial e sujeito a taxas e permissões. Na Suécia, Finlândia, Dinamarca e Holanda, o EMS circula normalmente e o seu limite do peso bruto total de 60 t, distribuído sobre 8 eixos (no mínimo) e as dimensões máximas de comprimento de 25,25 m, enquanto na Alemanha ainda está a ser testado o EMS com 40 t e somente em alguns estados… porque outros consideram  que está bem como está e não é necessário mudar nada. Para o sistema modular com dois semitrailer (2 módulos longos), que já está a ser testado e tomado em consideração como uma solução muito válida pelas autoridades suecas, o comprimento é de 32,00 m com o peso bruto total de 80 t, distribuído sobre 11 eixos (no mínimo). Na Suécia, estão a ser ponderadas também combinações EMS compostas por 3 módulos curtos e por 1 módulo longo com 2 módulos curtos. Strada Trucks e-Magazine Edition #133 - IAA 2016 - Semptember 22-29 - Hannover - Germany -+- Daimler: Urban eTRUCK +++ Page 4 -- PROTAGONISTA SEMITRAILER - PALETE INTELIGENTE: Desde o primeiro momento que o ser humano iniciou a ampliar o seu raio de acção ou a tornar-se nómada, iniciava a necessidade de transportar bens, contando exclusivamente com o seu ombro. Naquele tempo, tratava-se principalmente de materiais para a construção do seu lar (cabana, palafita, etc.), utensílios, apetrechos e do resultado da caça, que se destinava à alimentação do seu agregado familiar e comunidade.-+- As bases do primeiro tractor, primeiro chassis, primeiro semitrailer e primeira palete… Tendo em consideração que um animal consegue rebocar mais peso de que suportar nas costas, a solução mais lógica passava pela construção de um “atrelado”. Utilizando dois longos paus, que serviam de longarinas e eram colocados um de cada lado do animal, nascia o primeiro chassis e, simultaneamente, surgia o conceito do primeiro semitrailer — considerando que uma extremidade destes paus estava presa ao dorso do animal e a outra rastejava no chão. -+- A invenção da roda Já naquela altura, o homem se preocupava com o excesso de consumo de energia e de emissões. Devido ao facto que os dois paus rastejavam no chão, além de se desgastarem rapidamente, provocavam uma elevada resistência mecânica, obrigando o animal a um esforço excessivo, que por consequência reduzia o seu rendimento e obrigava-o a comer e beber mais, em suma, mais consumo e mais emissões. A única solução passava pela invenção da roda, a qual contribuía pela diminuição da resistência mecânica. Com duas rodas, o chassis permitia construir uma maior zona de carga e claramente aumentar também o volume da mercadoria a transportar. O primeiro veículo automóvel A determinada altura, em 1769, iniciava a aventura dos veículos a motor. Nicholas Joseph Cugnot, um engenheiro militar francês, construía o primeiro protótipo de um automóvel (veículo capaz de se deslocar através de força própria), uma máquina para o transporte e reboque para a artilharia, a partir de um carro em madeira com três rodas e um motor a vapor com uma enorme caldeira, à frente da roda dianteira. Este veículo ficou conhecido como o “Fardier de Cugnot”. Um ano mais tarde, em novembro de 1770, Cugnot testava o seu “fardier”, quando, de repente, não conseguia dominar a travagem e acabava por embater contra um muro, causando danos ao veículo que lhe atrasaram o projecto e consequentemente, o obrigaram a cancelá-lo. Este embate, constou como o primeiro acidente automóvel do mundo. -+- O primeiro veículo automóvel a combustão interna Vários anos mais tarde, no verão de 1885, nas ruas da cidade alemã de Mannheim, Karl Friedrich Benz testava o seu triciclo “Benz Patent Motorwagen Nummer 1”, o primeiro veículo movido a motor a combustão interna, um monocilíndrico a 4 tempos de ciclo Otto, desenvolvido pelo próprio Benz. Durante o primeiro teste, numa demostração pública, teve algumas dificuldades em dominar o veículo e acabava por embater contra um muro, tal como Cugnot. A segunda apresentação correu melhor, sem incidentes, e no ano sucessivo criava a Motorwagen Model 2 e no 1887 a Motorwagen Model 3, que foi apresentada na Expo de Paris. O primeiro camião e o primeiro autocarro para passageiros Faltavam ainda pouco mais de 10 anos para vermos os primeiros veículos movidos a motor a combustão interna, inteiramente dedicados ao transporte de mercadorias, a circular pelas estradas. Até a este momento e por muitos anos ainda, depois do aparecimento dos veículos a motor, à parte o comboio e o navio, o único meio de transporte de mercadorias era constituído por carros ou carretas, naturalmente puxados por animais e, algumas vezes, até pelos homens. Ainda hoje, em muitas partes do mundo, esta continua a ser a realidade. Com uma visão extremamente futurista, mais uma vez foi Karl Benz, que em 1895 construiu o primeiro camião do mundo com motor a combustão interna, seguido, um ano depois, também pelo primeiro autocarro de passageiros do mundo, construído e modificado a partir de um seu camião, para a Netphener Omnibusgesellschaft, a primeira companhia de transportes de passageiros do mundo a utilizar um veículo com motor de ciclo Otto. Em 1896, também a Daimler-Motoren-Gesellschaft, fundada por Gottlieb Daimler, produzia o seu primeiro camião. -+- O trailer e semitrailer Hoje, o camião é um dos principais e mais importantes meios de transporte de mercadorias. Erroneamente, quando falamos em transporte rodoviário de mercadorias, associamos imediatamente à ideia do camião, esquecendo quase por completo o trailer e o semitrailer, mas em especial modo este último. De facto, a grande novidade e revolução no transporte é exactamente o semitrailer e é dele que vamos falar. -+- história do semitrailer Como já vimos, a invenção do conceito básico do semitrailer, se perde nos tempos, mas a construção do primeiro semitrailer da forma e uso como o entendemos hoje, também é um pouco confusa. Há quem afirme que foi em 1880 e ainda em 1881, antes do “Benz Patent Motorwagen Nummer 1” de Karl Benz. Há outros que garantem que o primeiro semitrailer foi construído em 1889 por Alexander Winton, um emigrante escocês nos USA, fundador da Winton Motor Carriage Company. Em 1898, Winton tinha acabado de vender 22 automóveis a vários clientes espalhados pelo país. Para entregar os carros aos respectivos clientes, em perfeito estado e sem uso de pneus ou de qualquer outro componente, não existindo nada para responder à sua necessidade, Winton decidiu criar um semitrailer plano acoplado a um veículo, de modo a poder transportar o automóvel — todavia, conseguia transportar somente um. ++ Em 1903, o alemão Ferdinand Emil Jagenberg estava preparando a construção da sua nova fábrica, respeitando os mais modernos princípios da logística daquela época, por isso, precisava de um tipo de veículo para transporte de mercadorias, que também não existia, tinha que ser composto por um veículo a motor com um semitrailer acoplado. Ele próprio iniciou uma série de experiências, numa das quais modificou um De Dion Bouton de 1903 e construiu o seu primeiro semitrailer registando a patente número 168659 em 21 de agosto de 1904 no Kaiserliches Patentamt. Este princípio, lhe confere o titulo de inventor e pai do conjunto tractor com semitrailer, da era moderna. Faltava somente o sistema de engate da “quinta roda”. Este foi inventado por Herman G. Farr, o qual, em 1915 iniciou o processo da patente, sendo-lhe aprovada em 1916, altura que se torna associado de Charles H. Martin formando a empresa Martin Rocking Fifth Wheel Co. Em 1882, com 14 anos de idade, o jovem August Fruehauf, filho de imigrantes alemães no estado do Michigan, deixava o ambiente rural da família para procurar fortuna na cidade de Detroit e iniciara a trabalhar como aprendiz de ferreiro, sendo desta forma que entrava no mundo dos transportes. No entanto, casava, a família crescia, iniciava a trabalhar por conta própria, perdia duas casas com negócio de ferraria devido a incêndios e em 1899, pela enésima vez, era obrigado a encontrar uma nova habitação e abrir uma nova ferraria. August Fruehauf trabalhava duro e apostava na qualidade, iniciava a produzir carros e carretas, em quantidade tal que em 1901 e novamente em 1912 era forçado a ampliar as oficinas e o negócio. ++ O semitrailer hoje Em muitas partes do mundo, para maximizar a rentabilidade energética e de muitos outros recursos, um único camião reboca dois semitrailer ou até mais, como é o caso do Brasil e da Austrália, por exemplo. Devido a leis de carácter duvidoso e com pouca base técnica, foram impostas limitações no comprimento e no peso total bruto dos conjuntos. Hoje, devido às dificuldades económicas que muitos países desenvolvidos enfrentam e a motivos ambientais, estamos a presenciar a uma tendência para rever estas imposições. Alguns países já rectificaram a sua legislação, como é o caso da Holanda, outros, por reticências políticas, ideológico-partidárias e domínios meramente sindicalistas, encontram grandes dificuldades em remodelar e rectificar estas legislações, a detrimento do interesse da sociedade em geral. ++ Informação  versus  desinformação É claro que cabe aos jornalistas especializados e competentes neste sector, através dos seus meios de comunicação, juntamente aos construtores de veículos e aos transportadores, organizar sessões informativas e esclarecedoras, de modo que a sociedade possa ter uma ideia limpa e objectiva, livre de ruído, sobre este tema de vital e estratégica importância para a economia do país, com um peso extremamente significativo e inimaginável no que concerne a empregabilidade, positivamente e absolutamente relevante a nível de impacto ambiental, bem como na salvaguarda das vias de comunicação e na segurança rodoviária. ++ Necessitamos Na realidade estamos falando de dois sistema diferentes e complementares, e não de soluções melhores ou piores! Nem queremos pensar em falar de um sistema que se destina a sustentar outros… (veja-se o que aconteceu na Bélgica com a taxa ao quilómetro em todas as estradas). Na realidade necessitamos de mais fiscalização, para garantir maior segurança e respeito, mas necessitamos também de mais liberdade e menos regras utópicas e desactualizadas, que não permitem a evolução, o desenvolvimento e a sustentabilidade do sector. Necessitamos de educar e não reprimir. Com a repressão criamos asfixia e damos aso ao dumping e à transgressão indiscriminada. Necessitamos urgentemente de modernizar o sistema de transporte, implementando o sistema EMS (European Modular System) mais conhecido pelos conjuntos de 25,25 metros. Todavia, este seria o primeiro passo, porque na realidade o que precisamos realmente para ser competitivos e realistas, são os sistemas modulares “Duo2”, conjuntos de 32 metros, ou seja, um tractor 6x4 e dois semitrailer com um dolly. ++ EMS, EuroCombi, Lang LKW, LHV, LZV Tendo em consideração que a regulamentação para a livre circulação em território europeu, cada conjunto é limitado a um peso bruto total de 40 t, distribuído sobre 5 eixos (no mínimo), sendo as dimensões máximas de comprimento de 18,75 m para camião com trailer e 16,50 para tractor com semitrailer — todo o resto é considerado transporte especial e sujeito a taxas e permissões. Na Suécia, Finlândia, Dinamarca e Holanda, o EMS circula normalmente e o seu limite do peso bruto total de 60 t, distribuído sobre 8 eixos (no mínimo) e as dimensões máximas de comprimento de 25,25 m, enquanto na Alemanha ainda está a ser testado o EMS com 40 t e somente em alguns estados… porque outros consideram  que está bem como está e não é necessário mudar nada. Para o sistema modular com dois semitrailer (2 módulos longos), que já está a ser testado e tomado em consideração como uma solução muito válida pelas autoridades suecas, o comprimento é de 32,00 m com o peso bruto total de 80 t, distribuído sobre 11 eixos (no mínimo). Na Suécia, estão a ser ponderadas também combinações EMS compostas por 3 módulos curtos e por 1 módulo longo com 2 módulos curtos. +++ Page 26 -- Kögel O futuro dos transportes -+- O construtor de trailer e semitrailers Kögel, está pronto para enfrentar o futuro com uma mão cheia de novidades, que serão apresentadas ao público em ocasião da 66ª edição da IAA Commercial Vehicles em Hannover em setembro próximo. O inovador semitrailer Kögel Light Plus, o trailer Kögel Combi com eixos centrais, o Kögel Swap Mega, o Kögel Trailer Axle – KTA, depósitos de ar integrados nos eixos, faróis com sensores integrados e muito mais. Segundo Thomas Eschey, director geral de produção e tecnologia da Kögel, «A partir de 2020 quando será introduzida a taxa sobre CO2, o semitrailer mais leves serão os verdadeiros protagonistas do mundo do transporte e nós, com o Kögel Light Plus, oferecemos um veículo com mais payload, menor TCO e menos emissões de CO2.» ++ Com o Kögel Light Plus, a marca alemã apresenta uma nova geração de curtainsider, um veículo completamente novo, estudado especificamente para ir ao encontro dos transportadores, mais leve e com maior altura no interior. O Kögel Light Plus, comparativamente ao modelo anterior, consegue atingir os 4.775 kg oferecendo um plus no payload equivalente a 335 kg, dependendo da personalização dos equipamentos — na versão base a tara é de 5.145 kg. ++ O novo eixo KTA (Kögel Trailer Axle) que será disponível para encomenda e entrega a partir da IAA em Hannover, representa o resultado da análise das sugestões dos clientes e das opiniões dos engenheiros relacionados com o desenvolvimento de produto, acumuladas desde a última exposição da IAA em 2014. O resultado é um sistema de chassis integrado de elevada durabilidade e baixa manutenção, que no futuro representará a coluna vertebral dos veículos Kögel, os quais permitirão suportar cargas muito superiores. ++ A Kögel amplia a sua gama de veículos para o transporte intermodal, introduzindo no mercado o completamente novo trailer Kögel Combi de dois eixos centrais, com um chassis muito estável e de peso reduzido (2.950 kg), desenvolvido expressamente para o transporte de containers ISO de 20 pés e Swap Bodies com comprimento máximo até 7,82 metros (C715, C745 e C782). O comprimento total do Kögel Combi é de 9.600 mm e a distância entre os eixos é de 1.810 mm. ++ Kögel Swap Mega é o novo Swap Body para grandes volumes C782 cortinado nos lados e na parte posterior, desenvolvido de raiz, que se vai juntar à família de Swap Bodies produzidos pela Kögel. A principal característica deste Swap Body, reside no facto de ser muito leve, 2.420 mm, e que o tecto pode ser levantado até 3.300 mm, possibilitando a carga e descarga de mercadoria com uma altura de 3.000 mm, seja nos lados como também na parte traseira. As pernas de apoio oferecem uma altura de 970 mm. ++ Kögel Cargo Rail é a solução mais apropriada para o transporte multimodal: estrada, ferrovia e navio. Recentemente, a CLdN Cargo BV de Rotterdam adquiriu 100 novos veículos deste modelo para a renovação do seu parque de mais 800 veículos, destinados o serviço porta-a-porta no tráfego short sea, da e para o Reino Unido, Irlanda, Portugal e Escandinávia, além dos serviços logísticos e de expedição para todo o território europeu utilizando a estrada e a ferrovia. ++ Mais novidades, residem na rede de retenção lateral que pode substituir as tradicionais ripas em alumínio ou em madeira, com uma capacidade de retenção de 600 daN. Os grupos ópticos traseiros, são agora também disponíveis com luzes LED e com sensor de aproximação. Muito útil nas fases de aproximação às rampas de carga. Durante as manobras de aproximação ao cais, quando o veículo se encontra numa fase muito próxima do obstáculo, as luzes de direcção iniciam a piscar em sinal de perigo, de modo que o motorista as possa ver através dos espelhos retrovisores. Proximamente, o sinal luminoso poderá ser simultaneamente acompanhado de um sinal acústico no interior da cabina. +++ Page 46 -- Schmitz Cargobull: Forte crescimento novos produtos em casa Schmitz. -+- O leader europeu entre os construtores de trailers e semitrailers está cada vez mais sólido e economicamente forte. A estratégia da Schmitz-Cargobull sempre foi a de fornecer o melhor produto, ser fiável e proporcionar o melhor serviço. Em ocasião da 66ª edição da IAA em Hannover a Schmitz Cargobull mostrará um conjunto de grandes e surpreendentes novidades. A disciplina e o rigor imperam em casa Schmitz e os resultados para o período 2015/2016 (entende-se, até 31 Março de 2016) são claramente visíveis. Em termo de veículos produzidos o crescimento actual corresponde a 14%, sendo que pa­ra os modelos S.KO (box semitrailer) e S.CS (curtainsider semitrailer) o crescimento é su­perior ao 22%, com quase 50.000 veículos produzidos. ++ Full Service: O cliente já não se quer preocupar com a assistência, oficinas, manutenção, etc., quer ser bem servido e ter apoio em qualquer lado, a qualquer hora e em qualquer dia, sem ter surpresas. A Schmitz Cargobull fornece este apoio e é por isso que os seus clientes escolhem cada vez mais os contratos Full Service. ++ Neste momento, com mais de 35% de crescimento, 80% dos veículos que saem das linhas de montagem da Schmitz Cargobull são equipados com telemática, enquanto 20% são equipados a seguir. Dos veículos equipados com telemática, 60 % são S.KO (Cool semitrailer) e 40% são S.CS (Curtainsider semitrailer) e S.PR (semitrailer de plataforma). ++ Por exemplo, com o pack S.KO COOL EXECUTIV o veículo frigorífico é equipado de série directamente da fábrica com a unidade de refrige­ração da Schmitz Cargobull, com o equipamento telemático incluindo os sensores básicos, serviço técnico proactivo, Full Service durante 24 meses para a unidade de refrigeração e serviço telemático. ++ O pack S.KO COOL EXECUTIV ofe­rece um contrato Full Service, cobrindo manutenção e re­paração de avaria em toda a Europa. ++ O serviço completo Schmitz Cargobull significa também fornecer equipamentos de re­frigeração ou pneus, neste momento, na Alemanha, 37% dos veículos vendidos pela Schmitz Cargobull, são equi­pados com pneus da casa, pneus Schmitz Cargobull! Em setembro em ocasião 66ª edição da IAA em Hannover, a Schmitz Cargobull lançará um novo serviço para os clientes que irão adquirir o S.CS Curtainsider, se trata do S.CS CURTAINSIDER EXECUTIVE, um pack completo com as se­gu­intes características: o equi­pa­mento terá SCB eixos ROTOS e SCB pneus 385/65R 22.5 (SCB - Schmitz Cargo­bull); os serviços irão incluir Trailer Full Service, Tyres Full Service (pneus), TrailerConnect telematics system, Euroservice, Financing (possibilidade de obter financiamento); as op­ções integradas serão o Tyre pres­sure control system (sistema de controlo da pressão dos pneus), Telematics hardware (equipamento telemático), base do plano de carga colado; a duração do contrato poderá ser escolhida entre a de 36, de 48 ou de 60 meses — em cada um destes contratos, o cliente poderá ainda optar por aplicar a forma de pagamento que mais achar apropriado, pagamento único ou com uma mensalidade definida. +++ Page 10 -- O pack S.CS CURTAINSIDER EXECUTIVE iniciará com o renomado semitrailer S.CS UNIVERSAL e será possível tê-lo pronto a ser levantado na fábrica, em apenas 18 horas depois do pedido feito! Numa primeira fase, este pack será oferecido para o mercado da Alemanha, Bélgica, Holanda, Luxemburgo e Hungria. Para o resto da europa está ainda em preparação e entrará em funcionamento muito em breve. ++ Schmitz Cargobull Telematics – serviço de valor acrescentado Recentemente, a Schmitz Cargobull lançou um novo portal online, um inovativo portal 2.0, onde os clientes poderão aceder de forma rápida e simples e interagir com os seus dados, graças à moderna es­trutura da base de dados e da gestão da central telemática. Esta aposta reflete-se no considerável crescimento das vendas no sector da Telemática. Um das novidades mais esperadas na 66ª edição da IAA, em Hannover, é o novo semitrailer S.CS Mega. A flexibilidade do S.CS Mega é-lhe conferida pela características tecnológicas herdadas do GENIOS, sendo a altura interna variável, a mais preponde­rante. ++ A segurança e inviolabilidade da mercadoria são factores de extrema importância na actual conjuntura económica e social. O furto, o vandalismo, a ma­ni­pulação e a alteração das características da mercadoria transportada através da introdução de produtos tóxico são o perigo da actualidade, especialmente no que diz respeito produtos alimentares. Por isso, para os veículos a temperatura controlada “.KO”, a Schmitz Cargobull desenvolveu um no­vo sistema de bloqueio de portas: o LS3 (equipamento standard no pack S.KO COOL EXECUTIVE). Este sistema é pra­ticamente uma fechadura electrónica, totalmente invisí­vel, que só pode ser aberta, mediante introdução de um código PIN de 4 dígitos. ++ Para o transporte de asfalto, a Schmitz Cargobull tem agora uma nova banheira arre­don­dada em aço (S.KI), isolada termicamente e com tempera­tura controlada. O material uti­lizado para a isolação é de elevada qualidade, robustez e durabilidade. A estrutura iso­lante tem cerca de 60 mm de espessura e comporta um in­cremento de peso de 360 kg. A espessura do aço da ba­nheira pode ser seleccionada entre as de 3,2 mm, 4 mm e 5 mm. ++ Com a internacionalização, a Schmitz Cargobull necessitava de produzir veículos para todas as missões e para todos os tipos de terrenos. Em Hannover, a Schmitz apresentará os novo semitrailers para os mercados extra europeus que ficarão sob a insígnia de “General Cargo Trailer-Generation S.HD”. +++ Page 70 -- FLEXBOX: Humbaur investe no futuro. -- A distribuição urbana e interurbana vai ser a aposta da Humbaur, um dos maiores construtores de trailers e semitrailers na Europa, a partir da 66ª edição da IAA Commercial Vehicles em Hannover em setembro próximo. As soluções para a distribuição, além de trailers e semitrailers, abrangerão também as caixas, carroçarias e sobre-estruturas dos veículos destinados a este tipo de missões. Um nicho de mercado cada vez mais importante e em crescimento. +++ Page 14 -- RETA: frigorífico da Lecinhena. A Lecitrailer, fabricante espa­nhola representada a nível na­cional exclusivamente pela Re­ta, apresenta um novo modelo de semirreboque frigorífico com chassis aligeirado, dando assim resposta às exigências e necessidades do mercado na­ci­onal. +++ Page 80 – Urban eTRUCK: A Daimler Trucks apresentou, em Estugarda no passado dia 27 de julho, o Mercedes-Benz Urban eTruck, o primeiro ca­mi­ão totalmente elétrico com um pe­so bruto total de 26 tonela­das. No futuro, os camiões elé­tricos se­rão utilizados nas ope­ra­ções de distribuição urbana, com ze­ro emissões e muito si­len­ci­o­sos. +++ Page 86 -- Volvo Trucks: À conquista do mundo the iron knight. O The Iron Knight é o resultado de uma cooperação única en­tre técnicos, engenheiros e de­signers da Volvo Trucks. Com exceção do motor e da respetiva caixa de velocidades I-Shift Dual Clutch de série, o camião é totalmente personalizado. Com 2.400 CV ao dispor, o ca­mião tentará alcançar novos recordes internacionais de ve­lo­cidade. A 24 de agosto, as ten­tativas de recorde serão mos­tradas no canal de You­Tu­be da Volvo Trucks. +++ Page 90 -- Shell: A revolução nos óleos. A Shell apresentou recentemente, a nova tecnologia PurePlus, um processo que permite transformar gás natural num óleo de base sintética. Um evento que decorreu na Casa da Música, no Porto e contou com a presença dos principais responsáveis da marca, vários convidados e imprensa local e especializada. +++ Page 94 -- Escola Europeia de Short Sea Shipping: 10º aniversário. Este ano, a Escola Europeia de Short Sea Shipping – 2E3S.eu – alcança um marco decisivo completando 10 anos de exis­tência. Para comemorar o a­con­tecimento, a Escola está a organizar um jantar de gala no Museu Marítimo de Bar­ce­lona no dia 29 de setembro de 2016. +++ Page 98 -- Fulda: Trailers com novo pneu. A Fulda está a aumentar as op­ções disponíveis de pneus de ca­mião com o lançamento de um tamanho adicional à sua ga­ma de pneus de atrelado Eco­tonn 2, no tamanho 435/ 50R19.5. O lançamento do no­vo pneu pretende dar res­posta às necessidades do mercado e complementa a gama abrangente de pneus de ca­mi­ão Fulda.
Strada Trucks e-Magazine Edition #133 - Kögel O futuro dos transportes -+- O construtor de trailer e semitrailers Kögel, está pronto para enfrentar o futuro com uma mão cheia de novidades, que serão apresentadas ao público em ocasião da 66ª edição da IAA Commercial Vehicles em Hannover em setembro próximo. O inovador semitrailer Kögel Light Plus, o trailer Kögel Combi com eixos centrais, o Kögel Swap Mega, o Kögel Trailer Axle – KTA, depósitos de ar integrados nos eixos, faróis com sensores integrados e muito mais. Segundo Thomas Eschey, director geral de produção e tecnologia da Kögel, «A partir de 2020 quando será introduzida a taxa sobre CO2, o semitrailer mais leves serão os verdadeiros protagonistas do mundo do transporte e nós, com o Kögel Light Plus, oferecemos um veículo com mais payload, menor TCO e menos emissões de CO2.»
Strada Trucks e-Magazine Edition #133 - Schmitz Cargobull: Forte crescimento novos produtos em casa Schmitz. -+- O leader europeu entre os construtores de trailers e semitrailers está cada vez mais sólido e economicamente forte. A estratégia da Schmitz-Cargobull sempre foi a de fornecer o melhor produto, ser fiável e proporcionar o melhor serviço. Em ocasião da 66ª edição da IAA em Hannover a Schmitz Cargobull mostrará um conjunto de grandes e surpreendentes novidades. A disciplina e o rigor imperam em casa Schmitz e os resultados para o período 2015/2016 (entende-se, até 31 Março de 2016) são claramente visíveis. Em termo de veículos produzidos o crescimento actual corresponde a 14%, sendo que pa­ra os modelos S.KO (box semitrailer) e S.CS (curtainsider semitrailer) o crescimento é su­perior ao 22%, com quase 50.000 veículos produzidos. ++ Full Service: O cliente já não se quer preocupar com a assistência, oficinas, manutenção, etc., quer ser bem servido e ter apoio em qualquer lado, a qualquer hora e em qualquer dia, sem ter surpresas. A Schmitz Cargobull fornece este apoio e é por isso que os seus clientes escolhem cada vez mais os contratos Full Service.
Strada Truck e-Magazine Edition #132 - julho
  
Strada Trucks e-Magazine Edition #132 - IAA 2016 - Semptember 22-29 - Hannover - Germany -+- Digital Conectivity + Internet of Things + Autonomous Driving + Are you ready for the future? No passado mês de junho, em Frankfurt am Main, capital económica alemã, a VDA (Verband der Automobilindustrie) realizou um workshop com a imprensa internacional, a propósito da 66ª edição IAA Commercial Vehicles. Aproveitando esta importante ocasião, inteiramente focada na co­nectividade e no digital, os representantes das mais importantes marcas deram a conhecer os ac­tu­ais desafios e vicissitudes do sector. Matthias Wissmann, presidente da VDA, com um discurso de abertura fortemente optimista e inspirador, deu início ao workshop dando as boas-vindas a todos os intervenientes e convidados. Strada Trucks e-Magazine Edition #132 - IAA 2016 - Semptember 22-29 - Hannover - Germany -+- Digital Conectivity + Internet of Things + Autonomous Driving + Are you ready for the future? +++ Page 4 -- No passado mês de junho, em Frankfurt am Main, capital económica alemã, a VDA (Verband der Automobilindustrie) realizou um workshop com a imprensa internacional, a propósito da 66ª edição IAA Commercial Vehicles. Aproveitando esta importante ocasião, inteiramente focada na conectividade e no digital, os representantes das mais importantes marcas deram a conhecer os actuais desafios e vicissitudes do sector. Matthias Wissmann, presidente da VDA, com um discurso de abertura fortemente optimista e inspirador, deu início ao workshop dando as boas-vindas a todos os intervenientes e convidados. +++ Page 4 -- Trabalhar em conjunto pelo meio ambiente -- Neste workshop foi dado um especial destaque ao tema meio ambiente e relativamente a este ponto, Wissmann se referiu a vários factores importantes, que contribuem para um maior respeito do meio ambiente: «Um dos maiores desafios do nosso tempo e, portanto, para a indústria de veículos comerciais, consiste na redução das emissões de CO2. Comparativamente aos anos 70, os construtores de veículos comerciais conseguiram reduzir de cerca 60% o consumo de combustível por cada t/km. As emissões de CO2 em 2020 terão diminuído de cerca 20%, comparativamente a 2005. Relembro que os nossos camiões europeus são campeões no consumo e na eficiência energética, contrariamente a algumas versões que são apresentadas…» por alguma comunicação, «… o consumo médio em litros por cada t/km é nitidamente inferior de que os seus homólogos nos Estados Unidos. Estes notáveis avanços tecnológicos e excelentes resultados foram atingidos através do normal processo de evolução, provocado pela concorrência e não por imposição legal ou governamental. O campeão em absoluto, nas emissões de CO2, entre os meios de transporte, é naturalmente o autocarro de turismo com 32 gr para cada passageiro/km. +++ Page 9 -- Mais do que nunca, o digital está presente na indústria dos veículos comerciais. Wissmann apelidou de camiões do futuro, à realidade que começamos agora a assistir «Conduzir em “platoon”, de forma conectada, automatizada e digital. Este é o lugar onde vamos ver o próximo salto inovador no tráfego rodoviário de mercadorias, um caminho que permitirá economizar até 10% nas emissões de combustível e de CO2.» afirmou Wissmann. Em jeito de síntese, o presidente da VDA terminou a sua oratória dizendo que «A IAA não é somente a maior e mais importante feira de veículos comerciais do mundo, mas é também a mais importante feira do mundo para a mobilidade, transporte e logística.» +++ Page 10 Internet of Things -- The connected truck offers real added value +++ Page 12 -- Wolfgang Bernhard, membro do conselho de administração da Daimler AG e responsável máximo da Daimler Trucks & Buses Division, foi o orador que seguiu, tendo como tema “Ideias basilares sobre o transporte do futuro”. +++ Page 14 -- Ainda antes de uma pausa para o café, Andreas Renschler, membro do conselho de administração da Volkswagen AG e CEO da Volkswagen Truck & Bus GmbH, completava a explicação com o tema “Mobilidade inteligente e sustentável – Os veículos comerciais estão a frente”, aproveitando para visualizar o futuro dos veículos comercias, a forma como irão liderar o mercado e o futuro dos transportes. Segundo Renschler, «O mundo dos transportes, assim como o conhecemos, em poucos anos, irá mudar completamente, sofrerá transformações radicais. Espreitamos no ano 2040. Será que haverá ainda transporte de mercadoria? Sim, mas com sistemas diferentes. Continuarão a existir empresas de transporte? Sim, mas com funções diferentes. Continuarão a existir camiões? Sim, mas diferentes dos que actualmente vemos circular nas nossas estradas. Em 2040, todo o sistema de transporte funcionará num nível completamente diferente do que estamos habituados a ver, em primeiro lugar, será totalmente conectado, extremamente eficiente e funcional, bem como ecologicamente eficaz, apoiado por inteligência artificial alimentada por uma massa brutal de informações e dados recolhidos. Em 2011, durante um evento da CeBit que teve lugar em Hannover, na Alemanha, foi apresentado a nível mundial o IBM Watson, um computador equipado com tecnologia de inteligência artificial, o qual tem a capacidade de aprender e analisar autonomamente qualquer área temática e responder também vocalmente. Está previsto que até 2025, o negócio do IBM Watson terá a capacidade de gerar uma facturação de cerca 10.000 milhões de dólares. A utilização de veículos autónomos, irá necessitar da utilização desta tecnologia de inteligência artificial, devido à gigantesca quantidade de dados a elaborar. Actualmente, o volume de dados, duplica todos os 2 anos e em 2020 atingirá os 40 Zettabytes…» segundo a CISCO, o tráfego global na internet em 2016, ultrapassará 1 Zettabyte = 1021, «… Actualmente, os camiões já recolhem e enviam constantemente dados e trocam estes entre “Vehicle-to-Vehicle” e “Vehicle-to-Infrastructure Communication”. Isto obriga aumentar a largura de banda para permitir o fluir deste espantoso volume de dados, sem interrupções. Na Suécia, a Scania com a Eriksson já estão a testar a tecnologia 5G, para permitir conexões de redes de alto débito.. +++ Page 18 – Debate -- Na retoma da pausa, o tema “Dando o salto para o amanhã - O tráfego rodoviário de mercadorias impulsionado por ideias” foi colocado e debatido sobre a mesa por Wolfgang Bernhard, da Daimler AG, Andreas Renschler, da Volkswagen AG, Ralf Eschemann, vice-presidente da UPS Europa e Gero Schulze Isfort, director geral da Fahrzeugwerk Bernard KRONE GmbH. +++ Page 20 -- Após o debate, Eckhard Scholz, CEO Volkswagen Nutzfahrzeuge (Volkswagen Veículos Comerciais), apresentou as directivas da marca, dissertando sobre: a colaboração e acompanhamento orientado que a marca oferece aos seus clientes, na compra de veículos comerciais ligeiros; o desenvolvimento de veículos comerciais ligeiros mais apropriados para grupos específicos de clientes, tendo em conta as várias aplicações e utilizações a que são sujeitos; a importância e a função dos veículos comerciais ligeiros no sector do transporte e da distribuição; as novas necessidades, tendências e requisitos que os veículos comerciais ligeiros vão ter que corresponder no próximo futuro. +++ Page 22 -- O último orador da manhã foi Pierre Lahutte, brand president da IVECO S.p.A., que discursou sobre o tema “Transporte sustentável - Sinergias de uma empresa multi-brand”, metendo em evidência a versatilidade dos seus produtos e a importância que a marca da ao factor ambiental e à utilização de combustíveis alternativos. +++ Page 24 -- Antes do almoço, ainda houve tempo para Stefan E. Buchner, responsável máximo da Global Powertrain, Procurement and Manufacturing Engineering, Daimler Trucks, membro do conselho de administração Daimler Trucks e director da Mercedes-Benz Trucks, debater o tema “Sempre online, sempre em movimento: como os camiões estão a tornar-se ainda mais eficientes”. Mais uma vez, o tema “conectividade” esteve em destaque, ilustrado com o sucesso do FleetBoard da Mercedes-Benz. +++ Page 26 -- Internet of Things +++ Page 28 -- O último a falar antes da pausa para o almoço foi Joachim Drees, CEO da MAN Truck & Bus AG, discursou sobre “Logistica 4.0 – Soluções personalizadas para o futuro”. Entre os vários desafios diários «(…) O aumento de espaço para o tráfego é uma das tarefas mais importantes que enfrentam Logística 4.0» frisou Dress, sendo que tudo pode ser minimizado se existir cooperação, «(…) A palavra chave na “Logistica 4.0” é a colaboração…» destacou Drees. +++ Page 30 -- A parte de tarde, começou com o tema “Camiões conectados em acção” pela voz de Håkan Karlsson, Vice-Presidente Sénior da Volvo AB, «O mundo à nossa volta está mudando. Um novo conceito de economia ligada ao clima e ao ambiente, uma clara transformação das zonas urbanas, uma sociedade cada vez mais conectada, vão obrigar a industria dos transportes a mudar de paradigma. Três áreas serão fundamentais nesta mudança: a conectividade, a autonomização e a electromobilidade. A conectividade entre os veículos e as infraestruturas aumentará a produtividade e aumentará as oportunidades de novos negócios. +++ Page 32 -- “Trailers tornam-se globais – Da Europa para os mercados internacionais” foi o tema escolhido pelo CEO da Schmitz Cargobull AG, Andreas Schmitz, o qual falou sobre a relevância que os trailers e semitrailers estão ganhando no mundo do transporte actual e da importância, cada vez maior, que irão ter no próximo futuro. «Antigamente, os trailers e semitrailers eram considerados veículos complementares, hoje são parte integrante do meio de transporte, com tanta tecnologia e sofisticação como os veículos a motor. Este é um dos motivos porque os produtores de trailers e semitrailers estão ocupando uma posição de relevância no mercado do transporte. Muitos dos nossos clientes europeus actuam em mercados internacionais, isto significa que temos que os acompanhar, garantindo assistência e serviços, neste processo tem início a internacionalização. A nossa dimensão e competência são de grande ajuda para o sucesso, no mundo da globalização.» afirmou Andreas Schmitz. +++ Page 34 -- “Conectividade leva os clientes para o futuro” era o tema de Henrik Henriksson, Presidente e CEO do Grupo Scania, que numa apresentação extraordinariamente dinâmica fugiu da tradicional e explicou de uma forma eloquente, a importância dos conceitos: conectividade, electromobilidade, autonomização. Henriksson frisou a influência que este três conceitos terão na nossa vida. «A conectividade permite aumentar e melhorar a gestão logística, optimizando os fluxos das mercadorias. Isto possibilita reduzir os consumos em combustível, reduz custos, diminui as emissões poluentes e consequentemente o impacto ecológico. (…) Graças à conectividade é possível coordenar e gerir com mais precisão o serviço técnico de manutenção dos veículos, o que diminui drasticamente os tempos de paragem (…). A electromobilidade aumentará a qualidade de vida nas cidades, contribuindo pela diminuição das emissões de gases com efeito estufa, como ajudará também diminuir a importação de combustíveis fósseis. +++ Page 38 -- Num workshop em que muito se tem falado de camiões, Hartmut Schick, director da Daimler Buses & CEO EvoBus GmbH, realçou os principais desenvolvimentos na indústria dos autocarros e a importância deste meio de transporte no mundo actual, com o tema “O autocarro do futuro: mobilidade inteligente para um mundo urbano”. «Vivemos numa época em que os passageiros exigem que não existam complicações, que os autocarros sejam confortáveis, seguros, eficientes, mas sobretudo, que sejam rápidos, pontuais e que respeitem os horários. Algumas cidades europeias sentiram estas necessidades e responderam implementando o conceito BRT (Bus Rapid Transit). Fora da Europa, o conceito BRT funciona perfeitamente e com enorme sucesso, aqui em Europa, está iniciando a dar os primeiros passos, cidades como Amsterdam, Nantes e Strasburg, já o implementaram e está a ser um êxito.» afirmou Hartmut Schick, esclarecendo ainda que «Na Daimler não oferecemos apenas autocarros para as linhas BRT, mas oferecemos também conselhos sobre a concepção de sistemas de transporte para cada cidade.» +++ Page 40 – Debate -- O tema ”Mobilidade urbana – Qual o papel dos autocarros no futuro para o transporte de passageiros?” foi debatido no último painel por Hartmut Schick da Daimler Buses e EvoBus, Håkan Karlsson do Grupo Volvo e Martin Schmitz, director geral da VDV (Associação de Empresas de Transporte Alemãs). +++ Page 40 -- Encerramento -- Kay Lindemann, director geral da VDA (Verband der Automobilindustrie) pronunciou o discurso de encerramento do workshop. O véu foi destapado, elevando as expectativas... a 66ª edição da IAA promete! +++ Page 42 – New truck generation -- No próximo dia 23 de agosto, a Scania vai iniciar o lançamento da sua nova geração de camiões ao apresentar as primeiras unidades destinadas ao segmento de longo curso europeu. Esta primeira revelação significa a estreia pública do maior investimento de sempre em novos produtos e serviços Scania, que coincide com a comemoração do seu 125º aniversário. +++ Page 50 -- Galius -- novo call center -- A Galius, empresa do Grupo Nors que representa a Renault Trucks em Portugal, lançou um novo Call Center de peças para os estabelecimentos de Vila do Conde e Castanheira do Ribatejo, criando uma “via rápida” para os seus clientes - especializada e com operadores totalmente dedicados. +++ Page 52 -- 100 Cargo Rail Roro para a empresa CLdN Cargo BV, sediada em Rotterdm, adquiriu recentemente 100 semirreboques Kögel Cargo Rail. +++ Page 56 – Descontos, nas SCUTs…, chegam? - Uma gota de água no oceano. De acordo com a Portaria nº 196/2016, publicada a 20 de julho, que estabelece descontos nalgumas das ex-SCUT, o novo regime de descontos será aplicado nas autoestradas A4 (Vila Real – Bragança/ Quintanilha), A22, A23, A24 e A25. As taxas atualmente em vigor irão sofrer alterações, nomeadamente uma redução de 15%. +++ Page 60 – HVO - o diesel do futuro. -- Transportar o paddock do MotoGP World Championship à volta do mundo não é tarefa fácil. A Scania é um dos parceiros mais importantes ao fornecer os camiões necessários para esta tarefa. Tanto a Dorna como a Scania se esforçam permanentemente por manter os seus produtos o mais amigos do ambiente possível. O HVO (Hydrotreated Vegetable Oil) é a etapa mais recente dos planos de sustentabilidade e o processo de produção do HVO é quase neutro em CO2. O HVO oferece uma redução até 90% de CO2, tem melhor desempenho do que a alternativa diesel e pode ser utilizado em todos os Scania, cada novo Scania, já é um camião HVO. Tornar o MotoGP World Championship tão verde e sustentável quanto possível é um objectivo importante para a Dorna, que está satisfeita com as medidas tomadas pela Scania. Ambas, anseiam continuar a cooperar nesta nova aventura da sustentabilidade, destacando o MotoGP World Championship como um dos mais inovadores e progressivos.
Strada Trucks e-Magazine Edition #132 - Descontos…, nas SCUTs, chegam? - Uma gota de água no oceano. De acordo com a Portaria nº 196/2016, publicada a 20 de julho, que estabelece descontos nalgumas das ex-SCUT, o novo regime de descontos será aplicado nas autoestradas A4 (Vila Real – Bragança/ Quintanilha), A22, A23, A24 e A25. As taxas atualmente em vigor irão sofrer alterações, nomeadamente uma redução de 15%.
Strada Trucks e-Magazine Edition #132 - HVO - O diesel do futuro. -- Transportar o paddock do MotoGP World Championship à volta do mundo não é tarefa fácil. A Scania é um dos parceiros mais importantes ao fornecer os camiões necessários para esta tarefa. Tanto a Dorna como a Scania se esforçam permanentemente por manter os seus produtos o mais amigos do ambiente possível. O HVO (Hydrotreated Vegetable Oil) é a etapa mais recente dos planos de sustentabilidade e o processo de produção do HVO é quase neutro em CO2. O HVO oferece uma redução até 90% de CO2, tem melhor desempenho do que a alternativa diesel e pode ser utilizado em todos os Scania, cada novo Scania, já é um camião HVO. Tornar o MotoGP World Championship tão verde e sustentável quanto possível é um objectivo importante para a Dorna, que está satisfeita com as medidas tomadas pela Scania. Ambas, anseiam continuar a cooperar nesta nova aventura da sustentabilidade, destacando o MotoGP World Championship como um dos mais inovadores e progressivos.
Strada TRUCK e-Magazine Edition #131 - junho
  
Strada Trucks e-Magazine Edition #131 - A e-Highway é já realidade - A Suécia é um exemplo que mu­itos países europeus deveriam seguir, no que concerne a mobilidade, os combustíveis al­ter­na­tivos e o transporte ro­doviário de mercadoria. Strada Trucks e-Magazine Edition #131 --- Pag 4 (Giancarlo Terrassan) A e-Highway é já realidade - A Suécia é um exemplo que mu­itos países europeus deveriam seguir, no que concerne a mobilidade, os combustíveis al­ter­na­tivos e o transporte ro­doviário de mercadoria. EMS (European Modular System). Há muito que na Suécia circulam pacificamente, em conjunto com os outros utentes das vias, os camiões de 25,25 metros (EMS) com peso bruto de até 60 toneladas, agora, os sue­cos estão preparando a in­trodução combinações de 32 metros com peso bruto de até 80 toneladas, compostas por um tractor de 3 eixos, 2 semitrailers e um dolly — isto para “reduzir”, aliás, aproveitar ao máximo a utilização do combustível, diminuindo até cerca de 27% o consumo do mesmo e relativa redução das emissões de CO2, além de diminuir sensivelmente o peso por eixo, diminuindo os deterioramento das vias públicas. --- Pag 18 (Strada/MTB) MAN Nutzfahrzeuge - VAK INNOVATION AWARD - A MAN conquistou o 3º lugar nos VAK Innovation Awards na feira IFAT com o destaque da sua exibição: o camião multifacetado TGM. O camião po­de ser utilizado para várias ta­re­fas ao longo do ano, como lim­pe­za de estradas, limpeza de ne­ve e entrega de mercadorias. --- Pag 24 (Strada/AS) THE DRIVERS’ FUEL CHALLENGE 2016 - Realizou-se no passado dia 21 de Maio a final portuguesa da competição “The Drivers’ Fuel Challenge”, desafio lançado pe­la Volvo Trucks e a Auto Sue­co para encontrar o mo­to­rista mais eficiente e com a condu­ção mais económica. O vencedor foi Tiago Nunes, da Estrela do Atlântico – Transportes, que irá agora representar Portugal na Final Mundial. --- Pag 32 (Strada/S) SCANIA - PRIORIDADE: O CLIENTE, Dar prioridade ao cliente é o  objetivo principal em torno do qual a Scania tem reforçado a sua estratégia e orientado toda a empresa. --- Pag 38 (Strada/GY) NOVO PNEU PARA GRANDES CAMIÕES - O novo pneu OTR (Off-The-Road) da Goodyear, o TL-4A no tamanho 33.25R29, foi es­pecialmente concebido para o novo camião articulado Volvo A60H, o maior desta categoria da Volvo. As duas empresas colaboraram no desenvol­vimento e fabrico de pneus OTR feitos à medida deste no­vo camião incluído na categoria de 60 t, respondendo assim à crescente procura por parte dos clientes de uma maior ca­pacidade nos veículos. --- Pag 44 (Strada/A) MAN Nutzfahrzeuge - I° SALÃO NACIONAL DO TRANSPORTE - A ANTRAM promoveu entre os dias 10 e 12 de junho a pri­mei­ra edição do Salão Nacio­nal do Transporte, um evento dedicado a todos os profissio­nais que se movimentam na á­rea do transporte e no mercado pós-venda. --- Last Page (pag 48) IAA 2016 - Driven by ideas -- Hannover, September 22-29 2016.
Strada Trucks e-Magazine Edition #131 - THE DRIVERS’ FUEL CHALLENGE 2016 - Final Portugal.
Strada Trucks e-Magazine Edition #131 - I° SALÃO NACIONAL DO TRANSPORTE.
Strada Strada TRUCK e-Magazine Edition #130 - maio
  
Strada Trucks e-Magazine Edition #130 - CARGA SEGURA, ESTRADA SEGURA - É impossível falar em segurança sem ir à base do problema. Hoje em dia, a carta de condução é um bem indispensável e para a obter são necessários os seguintes requisitos: dedica­ção, esforço, aprendizagem e, claramente, tempo e dinheiro — estamos a falar de uma car­ta profissional para pesados. Strada Trucks e-Magazine Edition #130 - CARGA SEGURA, ESTRADA SEGURA - É impossível falar em segurança sem ir à base do problema. Hoje em dia, a carta de condução é um bem indispensável e para a obter são necessários os seguintes requisitos: dedica­ção, esforço, aprendizagem e, claramente, tempo e dinheiro — estamos a falar de uma car­ta profissional para pesados. ----- Strada Trucks e-Magazine Edition #130 - COVER (pag 1) CARGA SEGURA, ESTRADA SEGURA - (LaSi Ladungsicherung). --- Pag 4 (Giancarlo Terrassan) CARGA SEGURA, ESTRADA SEGURA - (LaSi Ladungsicherung) - É impossível falar em segurança sem ir à base do problema. Hoje em dia, a carta de condução é um bem indispensável e para a obter são necessários os seguintes requisitos: dedica­ção, esforço, aprendizagem e, claramente, tempo e dinheiro — estamos a falar de uma car­ta profissional para pesados. (...) É importante frisar também, que em alguns países eu­ro­peus, em caso de danos físicos contra terceiros, o mo­torista po­de incorrer em san­ções pe­sadíssimas, as quais podem pas­sar também pelo foro cri­mi­nal e o cumprimento de uma pe­­­­na prisional. Actualmente, existem forma­ções específicas que visam re­forçar as competências nesta área, formações que permitem tornar o transporte mais se­guro e mais rentável — o conceito do TCO é muito abran­gente, se consideramos também as sanções e as penalizações. --- Pag 16 (Guillermo Errezil) Que os programas informáticos estejam dotados de in­te­ligência artificial é um tema que apaixona o ser humano a décadas! Porquê este tema é tão apaixonante para o ser hu­mano? Basicamente pela possibilidade de que um programa dotado de inteligência artificial possa converter-se num au­tó­nomo e comece a não obedecer ao seu criador: inteligência humana. Esta possibilidade e as suas mais dramáticas consequências, foram amplamente exploradas pelos melhores cineastas nos melhores filmes que se conhecem de ficção científica. (...) Agora pensem no vosso ca­mião, que vocês baptizaram de Discovery 1 e o poem rumo a uma descarga numa fabrica em Júpiter. Esse camião esta equipado com um tacógrafo da marca HAL e a versão desse software é o 9000. No caminho, o tacógrafo começa a falar consigo docemente di­zendo que já vais a exceder o tempo de condução continua e você deve parar. Você sabe que e mentira, mas…? Vai obedecer ao HAL-9000? Vai contradizer quem esta a dirigir a sua viagem a Júpiter? E quando o Hall-9000 lhe co­meçar a dizer que não descarregou o cartão de condutor nos últimos 30 dias e que o deveria fazer? Que vai fazer com o arquivo do condutor descarregado no dia anterior? E quando lhe indicar que você viajou até ao futuro, até ao Km 16.777.777 com a data de 2016/02/07, 06:28.15? É decisão da EU defender os seus cidadãos ou não, contra as máquinas? --- Pag 30 (Strada) GALIUS PRESENTE NA LOGÍSTICA CARGO - A Galius, empresa do grupo Nors que representa a Renault Trucks em Portugal, partici­pou na Logística Cargo, que se re­alizou nos dias 5, 6 e 7 de maio, na FIL, em Lisboa. --- Pag 32 (Strada) SCANIA CROWN EDITION - Em 2016, a Scania comemora o seu 125º aniversário e a sua trajetória desde 1891, desde quando era ainda um fabricante de vagões até aos atuais veículos ligados. Para come­mo­rar, a Scania lança esta edição especial com um equipamento de alto nível e pacotes de ser­viços em condições especiais. --- Pag 34 (Strada) EUROPEAN TRUCK PLATOONING CHALLENGE 2016 - Daimler Group - HIGHWAY PILOT CONNECT. - No passado dia 4 de abril, três camiões Mercedes-Benz Ac­tros, com sistema de condu­ção autónomo e conectados via wi-fi, com o novo sistema Highway Pilot Connect, lan­ça­ram-se à estrada para uma viagem de 2 dias que teve inicio em Stut­tgart, na Alemanha, ru­man­do a Rotterdam, na Holanda. Fa­zen­do parte da iniciativa Eu­ro­pean Truck Platooning Challen­ge 2016, este trajeto teve co­mo objetivo mostrar que o no­vo sistema tecnológico pode op­timi­zar o transporte de mercadori­as, ao passo que permite a di­mi­nuição do consumo de combustível e as emissões de CO2. --- Pag 40 (Strada) MAN Nutzfahrzeuge - MAN Truck & Bus Portugal - A MAN Truck & Bus Portugal renovou e ampliou as suas ins­talações no Porto a pensar na melhoria das condições oferecidas aos clientes, facilitação dos trabalhos de oficina e no conforto dos colaboradores. --- Pag 42 (Strada) ECONOMIA COM A CONTINENTAL - Os pneus topo de gama da Continental não só possibilitam elevada quilometragem e tra­va­gens fiáveis – também são ver­dadeiros economizadores de combustível. Isto é demons­trado pela competição "Beat the Best", que terminou recentemente, e na qual os participantes podiam testar a eficiência em termos de poupança da 3ª geração de pneus Continental em comparação com outras marcas premium. --- Pag 46 (Strada) GRUPO GARLAND - NOVO ARMAZÉM NA AUTOEUROPA - O negócio que, há cinco anos, o Grupo Garland, empresa lí­der de Transportes, Logística e Navegação, tem vindo a conquistar e a incrementar no ra­mo automóvel, sobretudo na Au­toeuropa, conduziu à abertura de um escritório no Parque do grupo alemão, em Pal­mela. --- Pag 48 (Strada) ANECRA - AS OFICINAS DO FUTURO, HOJE! - No contexto da ExpoMecânica, decorreu no dia 16 de abril de 2016, no Auditório da AEP, em Matosinhos, o XII Encontro Na­ci­o­nal da Reparação Automó­vel, subordinado ao tema “As Oficinas do Futuro, Hoje!”, que contou com a presença ativa de mais de 200 participantes. O Encontro Nacional da Repa­ração Automóvel, que é promovido pela ANECRA desde há 12 anos, iniciou-se com a a­presentação do estado do sector, tomando por base os resultados do Inquérito de Conjuntura de 2015, lançado pela Associação junto do universo dos seus associados. --- Last page (pag 54) CARGA SEGURA, ESTRADA SEGURA - (LaSi Ladungsicherung).
Strada Trucks e-Magazine Edition #130 - IRÃO AS MÁQUINAS MANDAR EM NÓS? - Que os programas informáticos estejam dotados de in­te­ligência artificial é um tema que apaixona o ser humano a décadas! Porquê este tema é tão apaixonante para o ser hu­mano? Basicamente pela possibilidade de que um programa dotado de inteligência artificial possa converter-se num au­tó­nomo e comece a não obedecer ao seu criador: inteligência humana.
Strada Trucks e-Magazine Edition #130 - EUROPEAN TRUCK PLATOONING CHALLENGE 2016 - HIGHWAY PILOT CONNECT.
Strada BUS e-Magazine Edition #029
abril-maio-junho
  
Strada Bus e-Magazine Edition #029 - BUSWORLD TURKEY 2016 - Istanbul 14-17 April 2016. Strada Bus e-Magazine Edition #029 - AKIA Metrobus de 25 metros - Um novo concorrente para os serviços de BRT - abril-maio-junho. ----- Strada Bus e-Magazine Edition #029 --- COVER (pag 1) com o novo AKIA Metrobus de 25 metros - Um novo concorrente para os serviços de BRT. --- Busworld Turkey 2016 - Istanbul 14-17 April 2016. --- Pag 4 (Ana Bela Nogueira) BUSWORLD TURKEY 2016. --- Pag 20 (Giancarlo Terrassan) AKIA com novo design - AKIA apresenta uma imágem completamente renovada, além de apresentar ao público em ante-estreia mundial o seu novo produto: Metrobus de 25 metros - Um novo concorrente para os serviços de BRT. --- Pag 28 (Strada) ISUZU - Citiport premiado. --- Pag 36 (Strada) GÜLERYÜZ - Güleryüz em expansão. --- Pag 40 (Strada) TEMSA - TEMSA estreia dois novo veículos: Opalin e Avenue Plus. --- Pag 46 (Strada) Revar - à conquista do mundo automotivo com produtos certificados. --- Pag 50 (Strada) VOITH - Tecnolgia premiada. --- Last page (pag 54) com o novo AKIA Metrobus de 25 metros (vista traseira).
Strada Bus e-Magazine Edition #029 - AKIA com novo design - AKIA apresenta uma imágem completamente renovada, além de apresentar ao público em ante-estreia mundial o seu novo produto: Metrobus de 25 metros - Um novo concorrente para os serviços de BRT.
Strada Bus e-Magazine Edition #029 - ISUZU - Citiport premiado.
Strada TRUCK e-Magazine Edition #129
março-abril
  
Strada Trucks e-Magazine Edition #129 - BÉLGICA COM TAXA AO QUILÓMETRO - Viapass: a taxa para todos os veículos pe­sados belgas e estrangeiros que circulem nas estradas do país. Strada Trucks e-Magazine Edition #129 - bauma 2016 - A maior feira do mundo para o sector da construção, pedreiras e minas. ----- Strada Trucks e-Magazine Edition #129 - COVER (pag 1) Caterpillar 777G (Tier-4) Off-Highway Mining Dump Truck image, taken at world biggest international trade fair for construction and mining, “bauma 2016 in München“, Germany. --- Pag 4 (Ana Bela Nogueira) BÉLGICA COM TAXA AO QUILÓMETRO - Entrou em vigor a 1 de Abril, em todo o território belga, u­ma taxa cobrada por cada qui­ló­metro percorrido, a veículos pe­sados com mais de 3,5 to­n. Criada pelo Conselho de Ad­ministração da Entidade Inter-Regional Viapass, esta taxa é aplicável a todos os veículos pe­sados belgas e estrangeiros que circulem nas estradas do país. Cada veículo deve ser e­quipado com um aparelho por satélite — mais conhecido por OBU (On Board Unit) — que irá calcular os quilómetros percorridos. --- Pag 10 (Giancarlo Terrassan) BAUMA 2016, introduction article - Tudo o que acontece na fascinante cidade de München é gran­de e a 31ª edição da BAUMA não fugiu à regra ba­tendo todos os recordes. É extremamente difícil poder descrever a BAUMA com pa­la­vras, quando entramos, de­pa­ra­mo-nos num mundo onde sim­plesmente todo e grande, em todos os seus aspectos. Pa­ra poder ter uma noção da gran­diosidade, temos que a vi­si­tar e de seguida, completar a es­tadia na acolhedora Mün­chen, capital da cerveja no ma­ravilhoso estado da Ba­vie­ra (580.000 visitantes oriundos de 200 países, 605.000 metros quadrados de área). --- Pag 20 (Giancarlo Terrassan) BAUMA 2016 - MAN Nutzfahrzeuge - MAN Truck and Bus - MAN D38 É DIESEL OF THE YEAR 2016 - Com o stand no pavilhão B4 da BAUMA, sob o lema “Auf MAN können Sie bauen“, a mar­ca do leão jogava em ca­sa, estando presente com vária so­luções e toda a sua expe­ri­ên­cia para o sector da cons­tru­ção e das pedreiras. Durante o evento, o novo motor MAN D3876 foi galar­doa­do com o premio “Diesel of the Year 2016”. --- Pag 24 (Giancarlo Terrassan) BAUMA 2016 - SCANIA CONSTRUCTION, INDUSTRIALS ENGINES and MINING - Em ocasião dos festejos dos 125 anos de existência, a Scania esteve presente com uma vasta oferta de veículos para estaleiro, pedreira e mina, vi­sí­veis no stand e no exterior. Na BAUMA, a Scania esteve representada com produtos para três sectores bem diferenciados: Scania Construction, Scania Industriais Engines e Scania Mining. --- Pag 28 (Giancarlo Terrassan) BAUMA 2016 - Daimler Group - STRONG. ON EVERY TERRAIN. - Com 22 veículos expostos numa área total de 2.100 metros quadrados, 1.700 metros quadrados no interior e 400 metros quadrados no exterior, sob o lema “Strong. On every terrain” o grupo Daimler apresentou um vasto e abrangente leque de veículos pa­ra o sector da construção, pe­dreiras e minas. --- Pag 34 (Strada) BAUMA 2016 - KÖGEL NOVIDADES NA BAUMA 2016 - ASPHALT TIPPER AND MULTI KÖGEL - Por ocasião da 31ª Edição da BAUMA, uma das mais importantes feiras de veículos e ma­te­riais de construção (Cons­truc­tion Machinery, Building Ma­te­rial Machines, Mining Ma­chi­nes, Construction Vehicles and Construction Equipment), de 11 a 17 de Abril, em München, Alemanha, a Kö­gel apresentou ao público o seu portfó­lio de pro­dutos destinados à in­dústria da cons­tru­ção. No stand, os pro­fissionais e vi­si­tan­tes de to­do o mundo tive­ram a oportunidade de conhe­cer u­ma montra de produtos op­timi­zados pe­la marca da Bá­vara, para as exi­gên­cias do mercado no que res­peita a qua­lida­de, con­fian­ça e funcio­na­lida­de. --- Pag 38 (Giancarlo Terrassan) BAUMA 2016 - SCHMITZ-CARGOBULL THERMO TIPPER - Recorrendo ao especial evento que a BAUMA é relativamente ao sector da construção, a Schmitz-Cargobull apro­vei­tou para apresentar a sua grande novidade para o sector: o novo semitrailer com isolamento térmico, para o transporto de asfalto. --- Pag 44 (Strada) BAUMA 2016 - TRANSPORT NETWORKING II ENCONTRO EM PORTUGAL - A Fundação Wtrans­net organizou a segunda edição de Transport Net­working em Portugal - O encontro de empresas de transporte da Península Ibérica fecha com chave de ouro a jor­na­da de networking na qual par­ticiparam cerca de 200 pro­fissionais de trans­porte de mercadorias terrestre. Naquela que foi a sua segunda edição, o Portugal Transport Net­working contou com a as­sis­tên­cia das 96 das empresas ma­is representativas do trans­por­te de mercadorias de ambos os países. Re­la­tivamente à edi­ção anterior, a presença de em­pre­sas espanholas multiplicou-se, vendo neste ti­po de eventos uma grande o­por­tu­nidade para en­contrar co­la­bo­ra­dores de con­fiança tanto em Portugal co­mo no país vizinho. --- Pag 52 (Giancarlo Terrassan) EUROPEAN TRUCK PLATOONING CHALLENGE 2016 2016 - DAF Trucks “ECO-TWIN” - Organizado pelo Ministério das Infraestruturas e Meio Ambiente holandês, o objectivo do “European Truck Platooning Challenge 2016” visa desafiar e obter a permissão dos governos em todo o território europeu, para testes em larga escala às combinações de camiões ligados sem fios entre si, cujo sistema é denominado por platooning. Esta tecnologia permite que um conjunto de camiões circule a uma curta distância uns dos outros graças às tecnologias de condução automatizadas, proporcionando vantagens em termos de consumo, emissões, segurança e fluidez do tráfego. A DAF Trucks e os seus parceiros, TNO, NXP e Ricardo, provaram no Truck Challenge Platooning através do projecto multidisciplinar “Eco-Twin” que um segundo veículo é tecnicamente capaz de seguir o seu precedente através dos siste­mas WiFi-P, de radares e de câmaras. --- Pag 60 (Strada) SCANIA - PLATOONING BY SCANIA - No Mobile World Congress, em Barcelona, a Ericsson e a Scania anunciaram ter unido es­forços de investigação para acelerarem a conectividade en­tre os veículos comerciais e as infraestruturas. A Ericsson e a Scania estão convencidas de que os avanços nas tecnologi­as de comunicação e nos futu­ros desenvolvimentos das re­des 5G irão permitir melhorias no transporte de pessoas e car­ga. --- Pag 64 (Strada) MAN Nutzfahrzeuge - MAN Truck and Bus - MAN FLUIDS, NOVA LINHA DE LUBRIFICANTES - O Departamento de Após-Venda da MAN Truck and Bus Portugal iniciou a comerciali­zação de uma linha de lubrificantes originais: MAN Fluids, com uma vasta gama de lubrificantes desenvolvidos especi­almente para uma elevada per­formance dos veículos MAN e Neoplan. --- Pag 68 (Strada) VOLVO TRUCKS, NOVA I-SHIFT - A Volvo Trucks apresenta um novo membro da família: a I-Shift com velocidades super-lentas. As novas velocidades, a­crescentadas à transmissão au­tomática, proporcionam u­ma excecional capacidade de arranque para camiões com cargas pesadas em situações exigentes. O sistema é absolutamente único para camiões pesados fabricados em série. A nova versão da I-Shift da Volvo Trucks permite acrescentar duas velocidades super- len­tas. Isso significa, entre ou­tras coisas, que o camião pode arrancar e transportar um peso bruto de conjunto (PBC) até 325 toneladas. --- Pag 74 (Ana Bela Nogueira) NOVA GERÊNCIA NA AUTO INSTRUTORA - A Escola de Condução Auto Instrutora em Ílhavo, tem ago­­­­ra nova gerência. Aos comandos do Quim e da Graça, com o apoio e colaboração do instrutor Artur, esta escola de condução passará a ter uma nova dinâmica, gra­ças à vasta experiência destes profissionais. --- Pag 80 (Strada) MICHELIN - ULTIMATE FUEL - MICHELIN X LINE ENERGY - Numa nova etapa na procura pela melhoria da rentabilida­de, segurança e respeito pelo meio ambiente, a Michelin lança os seus novos pneus eficientes MICHELIN X LINE E­NERGY para utilização em lon­go curso como equipamento de origem para o conjunto camião semirreboque, o pri­meiro pneu do mercado para o eixo motriz com classificação A em resistência ao rolamento. Concebidos para equipar o ei­xo de direção na dimensão 385/55 R 22.5 MICHELIN X LINE ENERGY F, o eixo motriz na dimensão 315/70 R 22.5 MICHELIN X LINE ENERGY D2 e para os eixos de semirreboque na dimensão 385/55 R 22.5 MICHELIN X LINE ENERGY T, esta configuração permite obter o primeiro conjunto pa­ra longo curso com classificação “A” em resistência ao rolamento em todos os eixos, me­diante a etiquetagem euro­peia. --- Pag 4 (Strada) BUSWORLD - MAIS EFICIENTES - Os pneus de camião Good­year Fuelmax de resistência de ro­la­mento otimizada que par­tici­pa­ram no teste Efficiency Run 2015 da Mercedes-Benz contribuíram para uma redução to­tal no consumo de combustí­vel que atingiu 14%. O Efficiency Run 2015 foi organizado pelo fabricante de camiões Mercedes-Benz para mostrar que é possível baixar muito o consumo de combustível, logo, as emissões de CO2, e reduzir os custos operacionais se a oti­mi­zação incidir no motor e tam­bém no veículo globalmen­te. O teste procurou ainda utili­zar equipamento disponível no mercado, como os pneus de ca­mião Goodyear Fuelmax efi­ci­entes no consumo de combustível, para mostrar o que se pode obter nos dias de hoje. --- Last page (pag 90) LIEBHERR T264 Mining Dump Truck image, taken at world biggest international trade fair for construction and mining, “bauma 2016 in München“, Germany.
Strada Trucks e-Magazine Edition #129 - bauma 2016 - A maior feira do mundo para o sector da construção, pedreiras e minas.
Strada Trucks e-Magazine Edition #129 - A Fundação Wtrans­net organizou a segunda edição de Transport Net­working em Portugal.
Strada BUS e-Magazine Edition #028
janeiro-fevereiro-março
  
Strada Bus e-Magazine Edition #028 - Busworld Turkey 2016 - Istanbul 14-17 April 2016. Strada Bus e-Magazine Edition #028 - CaetanoBus DD Coach - Goldline -----Strada Bus e-Magazine Edition #028 --- COVER (pag 1) with a CaetanoBus DD Coach - Goldline image. --- Busworld Turkey 2016 - Istanbul 14-17 April 2016. --- Pag 4 (Giancarlo Terrassan) BUSWORLD TURKEY 2016 - Durante 4 dias, a partir de 14 de abril próximo, os salões 9, 10 e 11 do Expo Center de Istanbul serão, como habitual, palco da 6ª edição da Busworld Turkey. Este importante evento do sector dos transportes de passageiros, é organizado pela Busworld International em parceria com HKF Trade Fairs. Durante a última edição, que teve lugar em 2014, estiveram presentes 248 empresas, 170 das quais turcas e as restantes 78 originárias de 26 diferentes países. A Busworld Turkey 2014, contou com 12.425 vi­sitantes pro­fissionais, com 47 membros da imprensa espe­cia­li­za­da, vindos de todo o mundo, entre os quais o Jornal Strada faz parte. --- Pag 18 (Ana Bela Nogueira) ARP - X CONVENÇÃO NACIONAL - 10 ANOS 10 DESAFIOS - A 10ª Convenção Nacional de Transportadores da ARP, de­cor­reu nos dias 27 e 28 de fe­vereiro, sob o lema “sozinhos vamos mais rápido, juntos vamos mais longe”. O Evento que reuniu uma centena de participantes foi rea­li­zado no Complexo D. Nuno em Fátima. Sobreiro Duarte, conceituado coach e formador da empresa Sentidos Dinâmicos, destacou “os 10 grandes desafios das organizações”, referindo que a diferenciação está nas pessoas e que as pessoas dentro da organização podem fazer a diferença. --- Pag 34 (Giancarlo Terrassan) CONTIPRESSURECHECK EM TODOS OS SOLARIS - A empresa polaca Solaris, um dos maiores cons­trutores de au­tocarros ur­ba­nos, trolleis e trams no mer­cado europeu, acabou de apro­var a utilização do ContiPressureCheck, sistema de mo­nitorização da pressão dos pneus da Continental, em to­dos os seus veículos com pneu­máticos. Toda a gama de autocarros es­tá agora concebida para integrar o ContiPressureCheck co­mo equipamento de série. --- Pag 40 (Strada) DD DA CAETANOBUS - A CaetanoBus, empresa do Gru­po Salvador Caetano que se dedica à conceção e fabrica­ção de autocarros, apresentou na Irlanda do Norte, em parceria com a Scania, o seu novo Scania Caetano Double Decker Coach, numa cerimónia que decorreu em Stormont, e que con­tou com a presença de entidades públicas e do go­verno da Irlanda do Norte. --- Pag 44 (Giancarlo Terrassan) TOPAS - EM VIAGEM PARA A EUROPA - A CaetanoBus, Empresa do Gru­po Salvador Caetano, de­sen­volveu uma Loja de Turismo Móvel e Interativa para o Tu­ris­mo Porto e Norte de Portugal, um projeto inovador que resultou da adaptação de um autocarro de aeroporto COBUS 2500. O TOPAS (Tourism Offi­ce Public Auto Service). --- Pag 48 (Giancarlo Terrassan) TOPCLASS 500 CHEGA A PORTUGAL - Os primeiros Setra TopClass 500 fornecidos ao mer­cado por­tuguês, foram entregue à Greenbus, a qual aumentou a sua fro­ta ao adquirir 2 Setra S 516 HDH de três eixos com 13,33 m de com­primento, equi­pados com teto pa­no­râmico TopSky Pa­no­ra­ma. --- Pag 52 (Strada) MISERICÓRDIA APOSTA NA VOLVO - A Auto Sueco forneceu, à Mi­se­ricórdia da Freguesia de San­galhos, o primeiro autocarro da marca equipado com uma plataforma específica ca­paz de elevar, na porta trasei­ra, uma cadeira de rodas à al­tura do piso de um autocarro de turismo. --- Last page (pag 54) with the brand new Irizar i8 image (back view).
Strada Bus e-Magazine Edition #028 - ARP - X Convenção Nacional - 10 anos 10 desafios - 10 anos de associativismo.
Strada Bus e-Magazine Edition #028 - ContiPressureCheck em todos os Solaris
© 2003-2016  Ameise Editora Lda.